quarta-feira, novembro 12, 2008

Auxiliadora diz que Campos pode não ter verba para a educação em 2009

A assessoria da prefeita eleita Rosinha Garotinho divulgou ontem avaliação da responsável pela área de educação na comissão de transição de governo, Maria Auxiliadora Freitas, segundo a qual Campos corre o risco de ficar sem recursos para o setor em 2009.

De acordo com o levantamento de Freitas, as escolas e os Ciep municipalizados, que tiveram os mais baixos Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), não terão repasses do Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE).

Segundo Auxiliadora isso irá acontecer por que a Secretaria Municipal de Educação deixou de enviar em outubro deste ano os projetos de desenvolvimento a serem realizados nas unidades escolares.

Ainda de acordo com ela, os recursos do Ministério da Educação a serem investidos em diversos programas como Caminhos da Escola, Educação Inclusiva, Direito à Diversidade e do Programa de Dinheiro Direto na Escola (PPDE), por exemplo, nunca foram empregados. "Só o PDDE são R$ 447.804, 60, que ficaram parados", disse.

Um comentário:

Professora Hilda Helena disse...

Há dias procuro notícias sobre a transição na Educação!Ninguém informava nada preciso sobre a SMEC.Tem é um boato muito grande sobre a necessidade de antecipar o fim do ano letivo.Sem os funcionários terceirizados a, escola não teria como cumprir o calendário escolar previto para o dia 20 de dezembro.Fui à um curso para capacitação de professores alfabetizadores da rede e este não ocorreu,e a escola Maria Lúcia já estava fechando os conteúdos e a diretora me explicou o motivo,chegando na unidade escolar em Santa Maria comentei sobre o acontecido e ao ligarem para a coordenação da EJA para tomar as medidas necessárias (já que as provas nem pensam em começar),ninguém sabe isso!!!Ninguem comenta nada sobre as eleições para diretores das escolas...sobre a política educacional da EJA,sobre as 40 horas e os intermináveis planejamentos que não ajudam em nada!!!

users online