sexta-feira, novembro 14, 2008

Sepe entrega documento a Henriques com propostas para a Educação

Foto: Gerson Gomes
O Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação) entregou hoje ao coordenador da equipe de transição da prefeita eleita Rosinha Garotinho, Roberto Henriques, documento com 11 propostas para o setor.

De acordo com o diretor do sindicato, Fábio Siqueira, as reivindicações são praticamente as mesmas que foram feitas em 2004. "Não houve grandes mudanças, agora esperamos que tudo comece a andar", disse Siqueira.

As propostas dizem respeito aos profissionais da educação na rede pública, como professores e serventes, e trazem sugestões para melhorar o aproveitamento escolar dos alunos.

Para Henriques, as sugestões do sindicato são bastante pertinentes e têm muitos pontos em comum com o pensamento da prefeita eleita para a educação. "Estamos muitos gratos pela contribuição do Sepe, para a construção de uma Campos melhor. O documento será encaminhado e estudado com atenção", disse o coordenador.

[Foto: Coordenador da transição, Roberto Henriques, com o diretor do Sepe, Fábio Siqueira]

6 comentários:

Anônimo disse...

Para quem não conhece bem o professor xacal.....veja como ele trata seus comentaristas no blog:

"Xacal disse...
caríssimos joão b.(undão) e mário teresa:

vão dar o c(´) para o capeta...

14 de Novembro de 2008 11:16"
Se quizer comprovar está no post "Até aqui Deus nos ajudou"

Nota-se ser um professor descontrolado mentalmente que não merece respeito de quem quer que seja....

Anônimo disse...

Fico triste, vendo o Prof Fabio Siqueira bajulando o pessoal do casal GAROTINHO, logo ele. Mais em politica é assim quem agente acha q é honesto um dia acaba se interessando pelos benesses do poder.

Anônimo disse...

Qdo li SEPE achei que fosse o grande Fabiano.

Bruno Lindolfo disse...

Fico triste ao ver anônimos burros que não compreendem a importância de uma entidade de classe dispor suas propostas, principalmente quando relativas à educação.

Anônimo disse...

Anônimo, não se trata de bajulação.Hoje, quer queiram, quer não (me abstive no 2º turno) Rosinha é a prefeita do município e o Sepe tem que começar buscar o diálogo, já que, como conhecemos, ele não partirá da prefeita. Se ela "endurecer", iremos certamente para o enfrentamento.
Fábio é um sindicalista muito consciente do seu papel. Não confunda dipolomacia com bajulação ou outro termo pejorativo qualquer.
Estamos em busca de diálogo para resolver nossos impasses, se não for possível assim, então partiremos para o confronto sem medo de polícia ou gás pimenta. Os (as) profissionais de Educação da rede municipal conhece bem como lidar com as mazelas políticas.
Parabéns, prof. Fábio. O diálogo é fundamental. Mas se não obtiver pelo menos diálogo, estaremos atentos (as). Abraços.

Ouggnium disse...

O que xacal tem com a babação do sepe, manera cara... filtra, censura e libera post sem pé nem cabeça, não é só esse não, tá cheio de babacas postanto comentários que nada tem haver com o tema...

users online