terça-feira, novembro 25, 2008

Vale do Itajaí

Foto: Portal Terra

Como alguns sabem, sou torcedor do América - RJ e participo de uma comunidade virtual, no orkut, de torcedores do time rubro da rua Campos Sales. E na comunidade tem um amigo, torcedor do América, que mora em Blumenau - SC. E preocupados com Silvio Kohler, o referido torcedor, e seus familiares,alguns amigos enviaram mensagens pedindo notícias e oferecendo ajuda. Ele respondeu, e o seu e-mail de agradecimento pelas mensagens e ofertas de ajuda retrata o drama que as pessoas do Vale do Itajaí estão passando:

"Agradecimento
Agradecemos pela preocupação e principalmente pela oferta de ajuda a nós que estamos novamente passando pelo "INFERNO" das águas.
Em 1983 e 1984 infelizmente tivermos perdas de toda ordem e agora, somente perdas materiais.
A família de minha esposa, no entanto, contabiliza perdas de parentes já que a origem da família é Alto Baú e Belchior (distritos de Gaspar e vizinhos ao bairro Fortaleza na região norte e onde residimos).
Até Sexta-feira aquela região era o paraíso das águas e parques. Deixou de existir.
Por lá também explodiram (em dois pontos) o gasoduto Brasil/Bolívia.
Para nós, o Sábado foi em clima de Saigon sitiada por Ho chi Min. Explosões combinadas com helicópteros e muitas batidas de veículos, desmoronamentos e infelizmente muitos saques e roubos.
Perdoem-nos pela demora em retornar os contatos, mas, além de ficarmos sem a estrutura básica (energia, água, carro, etc...) passamos os três últimos dias atuando nas regiões baixas como controle de trafego de pessoas e veículos. Preferência para doentes, idosos e crianças. Impossível sabermos o volume de vitimas fatais e parciais, pois muitos lugares estão inacessíveis. Acesso somente a pé e o risco de deslizamentos é enorme.
O tempo é instável. O rio baixou. Pouco ajuda se a chuva não parar definitivamente. Os ribeirões afluentes do Itajaí não conseguem dar vazão as águas. É o caso da nossa região.
As regiões baixas sofrem. Água racionada. Alimentação racionada. Cheguei de manhã à empresa a que presto serviços e estamos tentando dar 'normalidade' a tudo. Anexo foto do portal Terra (minha máquina foi 'emprestada' por algum desocupado) do meu 'morro' onde Ricardo e Dr. Ulisses Rubros de Verdade já estiveram nos visitando.
Na baixada, as águas estão descendo. O clima é instável. Chove e para.
Aos amigos que tem nos perguntado sobre ajuda, por favor encaminhem-nas aos órgãos coletores. Por hábito e por treinamento, sabemos racionar o que temos. As regiões baixas é que precisam de nossa atenção e ajuda.
Obrigado."
- Silvio Kohler

2 comentários:

Anônimo disse...

É, o bixo tá pegando!

emanuel

César Ferreira disse...

A foto é de Francisco de Assis. Que está dando uma colaboração especial ao site Terra.com.br

Alexandro F. , seu indolente!

users online