quarta-feira, novembro 12, 2008

Rosinha vai anunciar secretariado na primeira semana de dezembro

Foto: Roberto Jóia
A prefeita eleita de Campos, Rosinha Garotinho, vai anunciar na primeira semana de dezembro os integrantes do seu secretariado. A informação está em release enviado hoje por sua assessoria para registrar sua visita à Superintendência Regional da Caixa Econômica Federal.

Eles participarão de seminário interno com a prefeita eleita e, em seguida, de outro com funcionários da Caixa. O objetivo é definir as ações que podem ser feitas em parceria entre o município e o banco.

De acordo com Rosinha, a reunião de hoje, com o superintendente Rider Gonçalves, serviu para "abrir portas e para que tanto a administração a assumir, como a Caixa possam saber quais as filosofias de trabalho de cada um e assim acertar o passo num momento de fechar uma parceria, seja para construção de casas populares, cumprindo as promessas de campanha, ou em outras linhas de ação".

"Antes de qualquer projeto com a anuência da Caixa, é preciso que a prefeitura coloque em dia as dívidas do município junto à União", lembrou, no entanto, Rosinha.

[Foto: Rosinha e o superintendente da Caixa, Rider Gonçalves]

4 comentários:

Imbeloni disse...

Garotinho, estou postando o comentário que o meu tio fez no jornal O Diário de hoje, sobre Arnaldo.

Chega ser assustador o que este atual governante fez e faz com nossa cidade. Sr. Mocaiber, venho através deste jornal colocar todo nosso repudio não só a sua administração mas a tudo o que diz respeito a suas declarações referindo-se a mesma como se fosse algo digno de admiração (...) desejo deixar ao senhor e ao Arnaldo Vianna (foto) uma mensagem: até para eleger-se presidente comunitário é preciso voto e para ter voto é preciso povo para votar e principalmente para eleger-se é preciso credibilidade (...) Diante disso aconselho pelo menos não atrapalhar quem quer governar...”.

Antonio Luis Imbelloni - Parque Nova Brasília, Campos/RJ.

Anônimo disse...

Olha, estou perplexo com os atuais comunicadores da radio diário- a coisa mudou do dia pra noite. Antes da eleição era tudo ilegal sobre os terceirizados. Depois q a rosinha ganhou, até o garotinho mudou. veja só, queria o ilustre pequenininho, colocar o Dr. Elcio na berlinda. Queria porque queria q o Dr. Elcio falasse q é legitimo a criação até uma famigerada fundação. Isso é uma vergonha. cuidado JUDICIÁRIO- TOMA CUIDADO MESMO. o que bate em Chico, bate em Francisco. Isso é uma vergonha, vergonha inclusive p toda sociedade de campos. n sei se ainda existe sociedade em campos. rs, ó sociedade eheh. aqui tudo é normal. Agora é legal contratar terceirizados. Imagina só, e todos ficam calados, inclusive todos os blogs moralistas da região. cadê os blogs traidores. Cadê. Ficam calados. Impotentes. Só o blog do dr. Cleber Tinoco está comentando, mas muito timidamente ainda. Temos que descer o cacete nesse pessoal. Temos que moralizar, viu Roberto Moraes, Claudio Andrade, o URGENTE, que não tem nada de urgente, estão todos calados. Perderam aquela garra que existia antes da eleição. O canhorro comeu a língua de vocês. O que está havendo. Cadê o sangue na veia pessoal. Nao pode existir rei na cidade.Onde estão as pessoas decentes? . Vamos reagir gente. Vamos mirar em Benta Pereira- Se precisar vamos apanhar os cavalos e entrar como verdadeiro soldado. Não vamos deixar que aquela frase se torne verdade,isso mesmo, aquela frase famosa que poucos conhecem, foi quando GETULIO VARGAS VEIO A CAMPOS: uma pessoa ao lado do Dr. Getúlio falou: DR. O CAÇADOR MUDOU, MAS A CACHORRADA CONTINUA A MESMA.

Gonçalves disse...

Anônimo das 09:06, a pessoa que travou o diálogo citado com o Presidente Getúlio Vargas foi o Capitão Manoel Gonçalves!

Anônimo disse...

Apenas para entrar na discussão, a questão da contratação de terceirizados é legal sim, o que houve em Campos foi a farra das contratações, que perderam o sentido de serem temporárias, indo, portanto, de encontro com a lei. Nada pode impedir essas contratações feitas dentro do processo legal. Não é possível ter terceirizados ocupando cargos por anos a fio, ou ocupando cargos de pessoas que passaram em concursos públicos. A ilegalidade está aí. Quando hoje se fala numa contratação por Rosinha de terceirizados é uma questão prevista em lei, o que não pode ocorrer é a permanência destes por tempo acima do previsto em lei.

users online