sexta-feira, fevereiro 06, 2009

Programa Cinema Para Todos chega a Campos

Após o bem sucedido lançamento em novembro de 2008, o Programa CINEMA PARA TODOS chegou a Campos.  Um programa das Secretarias de Estado de Educação e de Cultura desenvolvido pela Associação Cidadela – Arte, Cultura e Cidadania, o CINEMA PARA TODOS tem por objetivo democratizar o acesso ao cinema nacional por meio de distribuição de vales-ingressos, que poderão ser trocados na bilheteria do cinema por alunos do nono ano do Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA da Rede Pública Estadual de Ensino.
Na primeira etapa o CINEMA PARA TODOS já beneficiou oito municípios: Araruama, Armação dos Búzios, Bom Jesus do Itabapoana, Duque de Caxias, Itaperuna, Petrópolis, Três Rios e Valença. A segunda etapa começa junto com o ano letivo de 2009. Nesta fase do programa, serão 14 municípios beneficiados. Além de Campos, Angra dos Reis, Barra Mansa, Macaé, Nilópolis, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Resende, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti, Teresópolis e Volta Redonda.
Cada município terá pelo menos um promotor. Em Campos, três promotores distribuirão vales-ingressos a partir do dia 2 de março em 58 escolas, sendo que um desses promotores será o bravo Wesley barbosa Machado.
Os vales serão trocados pelos alunos por ingressos em salas de cinema comerciais parceiras e poderão ser utilizados durante um mês, de 6 de março a 2 de abril, em sessões de filmes brasileiros que estejam em cartaz.

5 comentários:

pvitor disse...

Poderia fazer o mesmo com o futebol, quero levar meus filhos no jogo do Americano que tem um apelo popular FUTEBOL , está com preços de popstar.

Anônimo disse...

O problema é que quase todos os filmes brasileiros que entram em cartaz em Campos são da nossa querida Globo Filmes. Aí não faz muita diferença ver filme ou ver novela.

Wesley Machado disse...

Caro anônimo, também não aprecio filmes estilo novela. Mas o público gosta. Veja o caso de "Se eu fosse você 2", do Daniel Filho, que é a maior bilheteria desde "Dois Filhos de Francisco".

Vamos influenciar o exibidor na escolha dos filmes. Por exemplo: o documentário "Titãs- A vida até parece uma festa", que dificilmente passaria por aqui, vamos tentar trazer. "Linha de Passe", de Walter Salles Jr., um filme com temática social que pode entrar em cartaz.

O CINEMA PARA TODOS abrange filmes de 2008/2009. Nada impede que o "Bezerra de Menezes", que ficou só uma semana em cartaz volte.

Medina disse...

Globo Filmes é única produtora com boa estrutura no Brasil, outras produtoras produzem filmes de baixa qualidade. A Globo Filmes lança uma grande quantidade de filmes em relação a outras produtoras. A grande bilheteria de filmes da produtora Globo não são devido a qualidade mas sim pq o sistema Globo é muito forte no país. Ainda bem que seja pq a qualidade de filmes de outras é muito baixo a Globo Filmes já deixa a desejar...

Alexandro F. disse...

Medina, discordo de sua opinião.
Existem ótimas produtoras no Brasil e que fazem ótimos filmes, e filmes premiados em diversos festivais internacionais. Não estou falando do oscar, que é uma premiação - pra quem faz cinema -que não interessa muito.
Em 2008 bons filmes brasileiros foram premiados em festivais como canes, montevidéu, sandunce, venesa e em 2009 já temos bons filmes sendo exibidos fora do Brasil.
O problema é que nós mesmo não conhecemos os filmes de nosso país, e por isso temos preconceito dizendo que são filmes de baixa qualidade. Afinal, só vemos filmes de "roliudi" é só isso que passam nas salas de cinema, mas isso não tem nada haver com qualidade, é uma questão comercial -predadora - praticada pelas majors estadounidenses.

users online