sexta-feira, fevereiro 27, 2009

O papel sujo da Folha de São Paulo

De Urariano Mota

Em 17 de fevereiro, quando publicou o editorial Limites a Chávez, a Folha de São Paulo não imaginou o ciclone imenso que provocaria. É que lá no texto ela escreveu “...Mas, se as chamadas ‘ditabrandas’ - caso do Brasil entre 1964 e 1985 - partiam de uma ruptura institucional e depois preservavam ou instituíam formas controladas de disputa política e acesso à Justiça...”, de passagem, como se nada fosse, substituindo Ditadura por Ditabranda.

E fez mais: ao receber, dias depois, mensagens dos professores Fábio Konder Comparato e Maria Victoria de Mesquita Benevides, que protestaram contra o insulto à memória histórica, a Folha de São Paulo assim respondeu: “...Quanto aos professores Comparato e Benevides, figuras públicas que até hoje não expressaram repúdio a ditaduras de esquerda, como aquela ainda vigente em Cuba, sua ‘indignação’ é obviamente cínica e mentirosa”.

Para quê? Essa qualificação, de indignação cínica e mentirosa, aplicada às palavras de dois intelectuais honrados, provocou o gancho, acordou as forças de todo o mundo culto e democrata do Brasil. Com 2.381 assinaturas, lideradas pelo crítico literário Antonio Cândido (2.381 às 16 horas deste 25.2.2009), corre um abaixo-assinado de protesto, que pode ser acessado em http://www.ipetitions.com/petition/solidariedadeabenevidesecomparat/signatures-1.html

Então começaram a voltar à tona histórias e História, do passado da Folha de São Paulo, que contavam, relatavam o seu mais que apoio, a sua participação nos crimes da ditadura militar. Das histórias, todas com dolorosos depoimentos de humanidade e denúncia, a da jornalista Rose Nogueira mais chama atenção, pelo caráter particular da sua posição no tempo.

Rose era funcionária do jornal, repórter da Folha, quando foi presa em 1969. No entanto, ela descobriu 27 anos depois que foi punida “não apenas pela polícia toda-poderosa, pela justiça militar. Ao buscar nos arquivos da Folha de S. Paulo a minha ficha funcional, descubro que, em 9 de dezembro de 1969, quando estava presa no Deops, incomunicável, 'abandonei' meu emprego de repórter do jornal. Escrito a mão, no alto: ABANDONO. E uma observação oficial: Dispensada de acordo com o artigo 482 – letra 'i' da CLT abandono de emprego'.

Por que essa data, 9 de dezembro? Ela coincide exatamente com esse período mais negro, já que eles me 'esqueceram´por um mês na cela'. Todos sabiam que eu estava lá. Isso era – e continua sendo – ilegal em relação às leis trabalhistas e a qualquer outra lei, mesmo na ditadura dos decretos secretos. Além do mais, nesse período, se estivesse trabalhando, eu estaria em licença-maternidade" (Do seu artigo "Em corte seco", no livro "Tiradentes um presídio da ditadura", coord. Alípio Freire, Izaías Almada e J.A. de Granville-Ponce – Scipione Cultural – 1997).

E lembrou mais a jornalista, no mesmo texto: “Cacá nasceu em 30 de setembro, no Hospital 9 de julho, em São Paulo. Fórceps. Uma cirurgia por rotura da parede da bexiga e uma sonda me obrigaram a ficar mais de vinte dias internada. Quando a polícia chegou, o bebê tinha 33 dias e estávamos em casa havia mais de uma semana.... O leite que eu tirava do seio ainda insistia em vazar e minha blusa cheirava a azedo. A febre aparecia todo dia. O leite me fazia pensar que, enquanto estivesse ali, brotando, eu estaria ligada ao meu filho. Dias depois veio o diminutivo do dia me buscar para depoimento. Empurrava-me pela escada, enquanto gritava: ‘Vai, miss Brasil! Sobe essa escada logo, sobe!’

Miss Brasil era o nome de uma vaca leiteira que havia sido premiada. E na sala para onde me levou, o ‘inho’ chamava os outros: ‘Olha a miss Brasil, pessoal! Tá cheia de leite! É a vaca terrorista!’ “.

Ela nunca mais pôde ter outro filho, em consequência das torturas. A parte boa dessa história é que Rose Nogueira continua exercendo a profissão de jornalista. Ela conseguiu dar a volta por cima, trabalha hoje em televisão, e continua a ser útil para o seu filho e para outros filhos do mundo. Apesar do jornal-patrão, apesar do título de Miss Brasil em 1969.

[Publicado originalmente no site Direto da Redação]

12 comentários:

Yuri Amaral disse...

A midia gorda PSDBista tem dessas mesmo: ditadura boa é ditadura de direita. não que considere o governo chaves uma ditadura, afinal, todas essas medidas ditas autoritárias passaram por referendo popular e venceram com clara vantagem, tendo ainda sido acompanhada por observadores internacional de diversos países, inclusive EUA, que não encontraram problemas no sufrágio.

mas se o presidente da venezuela fosse da elite branca-dominante-neoliberal e o referendo tivesse sido aprovado, pouco se falaria em regime de exceção...

Rosângela - discípula aprendendo... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laguardia disse...

Felizmente hoje vivemos numa democracia. Podemos fazer abaixo assinados, manifestações públicas de repúdio a opiniões contrárias a nossa, falar mal do governo sem sermos presos ou perdermos o emprego por ser contra o governo.

No entanto, não estamos trabalhando para mantermos esta liberdade conseguida a duras penas.

Onde estão os protestos, abaixo assinados, manifestações públicas contra a corrupção, a falta de ética, a falta de seriedade deste governo?

Onde estão as manifestações os abaixo assinados condenando o Ministro da Justiça que repatriou ilegalmente para Cuba dois atletas que buscavam asilo político no Brasil?

Falta coerência. Desta forma em breve teremos outra ditadura bem menos ditabranda se for nos moldes Cubanos.

Yuri Amaral disse...

Os pungilistas cubanos foram deportados a cuba pois não pediram asilo político. existem vários cubanos vivendo no brasil por terem pedido asilo político, incluindo atletas.

Cuba tem seus problemas, mas resistem a anos a um embargo econômico, científico e empresarial. Nenhum país pode negociar com cuba sem sofrer represálias dos eua.

A alguns anos um físico da UFRJ (se não me engano) denunciou a DELL pois, ao receber computadores que havia comprado com verba pública, teria sido obrigado a assinar um compromisso em não usar a tecnologia ianque para produzir armamentos nucleares ou de destruição em massa, nem colaborar com países do 'eixo do mal', Cuba incluído. Esse professor se negou a assinar o compromisso e teve de devolver os PCs - ele tem grandes parceiros em cuba e não abriria mão da parceria. A briga foi parar no CNPQ e vários cientistas brasileiros afirmaram não mais comprar computadores da Dell depois dessas exigências.

De que vale a liberdade econômica se te restringem a liberdade moral, intelectual? Se tú não tem o dinheiro da passagem não sai da periferia. Fica lá pra levar bala de caveirão.

Prefiro não poder comprar chocolate ou roupas de grife mas ver crianças na escola (pública, gratúita e de qualidade) e ter assistência médica garantida pelo estado. Inclusive, se em cuba não se consome é devido ao embargo. Como um estado se desenvolve numa bolha de isolamento econômico? Ainda mais em uma ilha com recursos limitados, como cuba?

Talvéz o que incomode - voltando à america do sul - seja o fato de indígenas e ex-operários terem chegado ao cargo maior do executivo em diversos estados, recentemente. Acho no mínimo curioso: todos festejaram Obama, mas nossos obamas são malditos a todo momento. É o mesmo com o socialismo: um estado não pode ser socialista ou é incluido no eixo do mal, mas se os bancos quebram é permitido aos capialistas uma 'injeção de socialismo' a custa do contribuinte.

Vale lembrar também que as emissoras de TV venezuelanas que foram fechadas participaram ativamente de um golpe de estado contra Chaves (que havia sido eleito democraticamente) e estavam com a autorização vencida. E no fundo: pra que serve a TV? Pra vender produtos e te encher a cabeça de merda! Ou as novelas (incluido aqui os noticiários) e reality shows da emissora brasileira mais assistida prestam pra alguma coisa?

Em relação aos protestos, abaixo-assinados. Participei de muitos, já fui capa da Folha da Manhã - em foto do Avelino, rsrs - levando um 'pesco-tapa' de policiais à paisana em pleno campus universitário durante uma visita da então Governadora Rosinha. Já levei spray de pimenta em frente ao palácio laranjeiras e na Br-101. Em uma dessas manifestações houveram duas prisões e uma aluna da UENF foi hospitalizada devido alergia ao spray. Isso sem contar nas inúmeras represálias ao MST, com mortes ainda não investigadas. E aí tu vem me dizer em "Podemos fazer abaixo assinados, manifestações públicas de repúdio a opiniões contrárias a nossa, falar mal do governo sem sermos presos ou perdermos o emprego por ser contra o governo". Me poupe!

Vale lembrar também o caso da menina que foi presa durante a bienal de arte em são paulo por se manifestar num local onde manifestações eram incentivadas. Há sim! Ela escreveu "Fora Serra", aí não pode, né?

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Vou colocar aqui uma carta aberta de uma diretora que foi demitida porque não me demitiu. Foi um golpe. Ela é mansa, jumentinha...
olhe, professores armaram juntamente com coordenadoria Regional. Temos tudo documentado do que fazíamos, mas nosos colegas nos boicotavam...

Paraty, 10 de março de 2008.

Senhores pais, responsáveis, estudantes, colaboradores da Eletronuclear, amigos, fornecedores e demais membros da comunidade escolar do Colégio Estadual Almirante Álvaro Alberto

Venho, por meio desta, esclarecer os fatos alusivos a minha dispensa da direção geral do CEAAA.
No dia 16 de janeiro de 2008 a senha do SGE (Sistema de Gestão Escolar) foi bloqueada impedindo o meu acesso ao sistema informatizado de gestão. Informamos à Coordenadoria Regional o bloqueio e solicitamos orientação. Fizemos tudo conforme orientação da Coordenadoria, mas a senha não desbloqueou
No dia 22 de janeiro de 2008 recebi uma ligação da Professora Marinilza Graciano, coordenadora da Coordenadoria Regional da Região da Baía da Ilha Grande (Paraty, Angra dos Reis e Mangaratiba) afirmando, com surpresa, que eu fui dispensada da função de gestora geral do CEAAA e que havia outra professora indicada para a função. Afirmou que a ordem partiu da Secretaria Estadual de Educação e que ela não sabia da minha dispensa nem o motivo. Enviou para a escola um fax da publicação da minha dispensa em Diário Oficial do dia 16 de janeiro de 2008 sendo que no Diário Oficial consta a dispensa a partir do dia 2 de janeiro de 2008.
A coordenadora regional afirmou que me ligaria para orientar sobre o procedimento de transição. No entanto a coordenadora não ligou nem me informou a motivo da minha saída até a presente data.
De 2 a 22 de janeiro estive na escola trabalhando em prol do ano letivo que estava prestes a começar.
A nova diretora assumiu e convocou-me apenas para saber se eu continuaria na escola ou se sairia. Afirmei que não havia motivos para eu sair da escola pois não é do meu conhecimento que eu esteja devendo algo para tomar tal atitude. Fiquei admirada com a pergunta.
Nenhum esclarecimento foi prestado a mim e à comunidade até então.
Portanto envio esta carta aberta a fim de esclarecer os fatos.
Afirmo que durante minha gestão procurei observar todos preceitos legais, éticos e morais inerentes a função de gestora do CEAAA com honestidade e transparência, inclusive respaldando todo o “que fazer” pedagógico no próprio material de Gestão da Pós-graduação em Gestão Educacional oferecido pela Secretaria Estadual de Educação através do Progestão (curso de capacitação em serviço). Todo trabalho está documentado na monografia que apresentei em Juiz de Fora no dia 27 de fevereiro de 2008 orientada pelo professor Lecir Jacinto Barbacovi (doutorando em Políticas Públicas pela Universidade Federal de Minas Gerais) e está disponível na Universidade Federal de Juiz de Fora.
O tema foi: “Comunidade de investigação: uma proposta curricular inovadora”.
Esta monografia não foi apenas um trabalho para cumprir um requisito que me foi colocado como gestora mas foi o meu respirar, o meu fazer cotidiano juntamente com a equipe pedagógica do CEAAA pois a escola foi meu laboratório para este trabalho.
Comecei a monografia como gestora e concluí como professora. Ao comunicar as circunstâncias da minha dispensa, por ocasião da apresentação da monografia na UFJF, os professores da banca avaliadora ficaram admirados e o tutor sugeriu que eu desenvolvesse uma tese de mestrado com o tema e que não deixasse de esclarecer à comunidade sobre minha dispensa.
Estou disponível para prestar quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários.
Informo que a casa que me foi cedida como gestora do CEAAA foi solicitada e por não ter direito a alojamento e não ter onde morar, estou solicitando remoção para outra escola e retornando a casa de meus pais. Nada melhor que zerar tudo para recomeçar...
Agradeço profundamente a todos pela colaboração, doação e toda contribuição com a escola durante o tempo que atuei como gestora do CEAAA e no decorrer dos 27 anos de existência desta respeitada instituição.
Fico muito honrada por ter atuado três anos como gestora do CEAAA, tendo sido escolhida pela comunidade para representá-los.
Cabe ressaltar que mesmo tendo sido aprovada pela comunidade através de eleição, a função de gestora de escola pública estadual ainda é um cargo de confiança sendo concedido por indicação da Coordenadoria Regional e passa pelo crivo da Secretaria Estadual de Educação e do Governador.
Cabe ressaltar também que em 2004 várias professoras foram convidadas para atuar como gestora do CEAAA mas não aceitaram. Então me candidatei e me submeti à aprovação da comunidade. Não havendo quem aceitasse, eu aproveitei a oportunidade que Deus me deu, enfrentei o desafio e como gestora aprovada pela comunidade procurei fazer tudo conforme as minhas forças.
Amados, como gestora procurei fazer tudo o que era correto. Apesar das falhas humanas e dos “incômodos de uma gestante” a que qualquer gestor de uma escola está sujeito, não vejo em mim uma falha tão grave a ponto de merecer ser encobertamente lançada para fora sem explicações por parte da minha chefia imediata. Acreditem: não foi um “aborto”. Foi um nascimento pré-maturo mas está vivo.
Eu creio em Jesus Cristo e que estamos caminhando para o final dos tempos. As coisas vão piorar cada vez mais e se não nos humilharmos e buscarmos o Senhor, não veremos nossa vida, família, escolas, cidades, estados e nação sarados.
Busquemos ao Senhor enquanto O podemos achar; vamos invocá-Lo enquanto Ele ainda está por perto. (parárase de Isaías 55:6).
O mundo e seus sistemas estão todos corrompidos.
Enquanto gestora não quis me promover. Não buscava o que era meu, mas o bem de todos. Apenas fui um instrumento para que Deus cumprisse Seu propósito que eu ainda não entendo qual é por completo mas confio que Ele está no controle disso tudo.
Não pagarei mal por mal, nem injúria por injúria. Pelo contrário, quero bendizer porque para isto fui chamada a fim de receber benção por herança. Pois quem quiser desfrutar a vida e ter dias felizes, refreie sua língua do mal e seus lábios não fale engano; aparte-se do mal e faça o bem; busque a paz e siga-a. (paráfrase de I Pedro 3:9-11)
Como disse Bill Hamom eu deveria pagar a todos os que estão me ofendendo pois eles estão me ajudando a tratar meu caráter, como por exemplo, entre outras coisas, perdoar os que se consideram meus inimigos pois eu não os considero assim.
Enfim, quem me chutou, na verdade, me colocou ainda mais para perto de Jesus, de onde eu não quero sair jamais.

“EDUCAR PARA TRANSFORMAR, TRANSFORMAR PARA IMPACTAR”
Este impacto é tão forte que abala as estruturas da tradição.
“Vede, eu faço uma coisa nova que está saindo à luz; não a percebeis?” Isaías 43: 19a
“Passai, passai pelas portas! Preparai o caminho ao povo”. Isaías 62:10
“Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria como da ciência de Deus. Quão insondáveis são os seus juízos e quão inescrutáveis são os seus caminhos. Quem compreendeu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a Ele para que lhe seja recompensado? Porque dEle, e por Ele, e para Ele são todas as coisas. Glória pois a Ele eternamente. Amém” Romanos 11: 34 e 36
Atenciosamente,
Professora Patricia Berçot

“Prouvera Deus eu tivesse no deserto uma estalagem de caminhantes.” Jeremias 9:2

“QUEM TEM JESUS TEM TUDO!”

“Está escrito.” Mateus 4:4
“Entendes tu o que lês?” Atos 8:30

Anônimo disse...

Não é pungilista, é Pugilista!

Yuri Amaral disse...

Ops,

grato pela correção. Acho que faltaram algumas crases também.

Anônimo disse...

Cuba é tão bom, por que o pessoal foge de lá e não para lá?

Anônimo disse...

diz a verdade o que os esquerdopatas querem é imprensa nenhuma, a não ser a oficial

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Verdade, anõnimo. Os que mais prejudicam uma e
Escola, de andar, são os "esquerdopatas"(gostei deste termo). E tem outra, os "direitopatas", fingem ir contra eles mas na verdade se beneficiam e muito. Sabe aquela coisa de " quando os contrários se juntam para ir contra a verdade???" Pois é, é aí a linha fina de tudo. Se eu e Patricia não tivéssemos documentado tudo, ninguém iria acreditar na gente. A covardia dos colegas de trabalho, que, na verdade, não queriam (e muitos não querem mesmo) uma escola compromissada com o compromisso. Compromissada com o compromisso??? Quê isso, Rosãngela? É isso mesmo. E o que me deixou mais triste nestes 33 anos(rsrsrs), foi a postura da esquerda da qual sempre fiz parte. Vi meus iguais sendo muito diferente de tudo o que leva um povo a ser livre.
Quando vim para os blogues, não poderia imaginar que encontraria hostilidade entre pessoas catedráticas! Mas foi justamente aqui que encontrei todo o respaldo para o que sempre busquei. Incrível. Num meio de gente inteligente, petista, esquerda, a gente encontrar os mais agressivos, opositores sem causa, maquiavélicos, fazendo justamete o que vi nestes 33 anos de luta pela vida verdadeiramente livre. Eu brinco aqui em casa... e meu marido vai até fazer um video:
Eu digo assim:
Se você estudante, quiser uma cadeira em Universidade Pública, para o Mestrado ou Doutorado, é so você tomar as seguintes posturas:

Sou Ateu!
Sou Rebelde!
Deus é uma imginação ds loucos!
Vale tudo na natureza Humana!
( e aqui vale tudo mesmo...)
Mas se você quiser mesmo ser IMPORTANTE e querido e famoso, além de vc ir contra DEus, zomba de DEus, trás texto zombando de DEus,Manipula bastante usando teóricos famosos para respaldar as suas rebeldias)
Pronto! Vai aparecer muitos "GRANDES" para querer te orientar.

Bem, as isto está sendo desmascarado. Quem não quer acreditar que não acredite.
A mentira tem perna curta e pelo que vejo ela está cotó mesmo.
Deus está levantando um povo que não acredita em ninguiém, só nEle. ´
Este povo é independente, não se vende por nada. Não faz barganha com jeitinhos e são muitos, pois os humildes, íntegros e verdadeiros não estão nos holofotes.

Não estamos brincando. E tudo está vindo à tona. Inclusive a Igreja instituição evangelica está na berlinda sim,pois os ditos "crentes" muitos deles, são tão opressores quanto.
Este tipo de fala, aqui, ninguém quer comentar. Por quê? Porque mexe na ferida. Mas Campos está sendo CURADA. VERDADE INTEGRIDADE E HUMILDADE sim. JÁ!

Yuri Amaral disse...

Salve Cuba!

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Salve JESUS CRISTO!

users online