sábado, fevereiro 21, 2009

Algum jornalismo é melhor do que nenhum

“Jornalismo de coleira e a política goitacá” foi o tema escolhido pela maioria dos participantes da enquete da Rede Blog. Vamos então a alguns poucos e rápidos comentários a respeito.

Em Campos, assim como em quase todo o planeta, é muito restrita a possibilidade de que haja autonomia no jornalismo — note que falo em autonomia, não em imparcialidade, que simplesmente não existe.

Desde o momento, e isso faz muito tempo, em que informação virou mercadoria e o jornalismo passou a ser feito por empresas jornalísticas, o conteúdo publicado se tornou refém do caixa. Por vezes a matéria sai e causa prejuízos. Por muitas vezes ela não sai para não causar prejuízos. E quase sempre ela sai se não atrapalhar os negócios.

Na verdade, fazer jornalismo é forçar a barra. A atividade, se exercida como se deve, não dá lucro, não faz amigos e enseja uma série de processos judiciais. Jornalismo de verdade sempre contraria a alguém.

O que há é uma questão de escala. Por vezes, a empresa jornalística é tão sólida, tão lucrativa (por meio de inúmeras fontes de receita) e tem tamanha credibilidade junto a uma determinada coletividade, que ela pode se dar ao luxo de comprar uma grande briga, na expectativa de que o público a apóie e os demais anunciantes não a abandone.

Nas cidades menores isso é mais difícil. E o que costuma acontecer é uma venda “de porteira fechada”, como se diz no meio rural. O anunciante que tem dinheiro, quase sempre governos municipais, pode comprar as opiniões do jornal, as notícias do jornal, as fotos do jornal, o que quiser.

Campos tem certa tradição no jornalismo. Tem todos os defeitos comuns a todas as demais cidades. Mas tem até mais virtudes que algumas. Não é qualquer município de porte médio que mantém três jornais diários – há pouco tempo eram cinco –, um deles com 175 anos. São precários, mas são os possíveis, e feitos por muita gente séria e dedicada.

E, independentemente das vinculações políticas, acabam por prestar serviços em muitas outras áreas — até para que se legitimem. É o jornalismo que garante o mínimo de informações diárias para viver na cidade. Isso é algo que, mesmo com toda a riqueza e a diversidade dos blogs, ainda é o trabalho remunerado, permanente e de cobertura generalista que pode garantir.

Se tivesse que avaliar os jornais impressos de Campos, com notas de 0 a 10, daria 5 para o Monitor Campista, 2 para a Folha da Manhã e 1 para O Diário. Mas se dependesse de mim a sobrevivência dos três, ela estaria garantida. Prefiro jornalismo ruim à ausência de jornalismo.

15 comentários:

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Concordo com tudo o que você disse, Menezes, mas discordo das notas do jornais. Para mim, todos os jornais são zero.
Por quê? Já explico:

Jumenta tem uma forma de avaliar meio radical. Vivemos neste mundo caótico onde de uma maneira ou de outra deterioramos informações, seja por "omissão", seja por "comissão".

Luto pela verdade, transparência, humildade e integridade. Sonho uma Campos onde os jornais serão verdadeiros honrando uns aos outros. Sonho uma imprensa livre, sem manipulação sem preciso usar de argumentos com leituras comparadas para trazer à verdade. Sonho uma Campos cheia de transparência, ajudando uns aos outros e não, cada um buscando o que é seu. Sonho uma Campos onde TODOS buscarão o que é da Cidade. E se pensam que estou protegendo Rosinha, Chicao, Garotinho, estão muito enganados. Quando vi o texto da "decomposição" no blog do Professor Roberto Moraes, pensei: BEM, AGORA A VERDADE VEM. Tá na hora de expor tudo. E se tivesse ali algo concreto, eu não ia amaciar não.
Tenho certeza que os anônimos sabem mais de mim que eu mesma. Todos os inteligentes que me boicotam, não o fazem por eu ser uma "estúpida jumentinha que vive ( desculpa a palavra)"cagando" aqui e ali. Eles estão assutados!
Como Rosinha e Garotinho fazem parte da Casa de Deus, eles estão na berlinda também. Estão sendo julgados, sim. Mas, até agora, ninguém falou aqui algo que faça uma jumenta "encarar de frente" nossa prefeita e ali orar junto e mostrando que agir errado fere o coração do Pai de Amor.
Cada dia que passa, todos nós estamos sendo expostos. TODOS NÓS.
A cada situação. E os que perceberam isso, ficaram com medo. Sou uma mulher de 56 anos, mãe, avó, esposa, irmã, sobrinha, tia, colega, amiga, mas antes de tudo sou:
JUMENTA QUE NÃO VAI ABRIR MÃO DA VERDADE.
Ora, esse negócio de nota, para mim, é um engano. Por quê?
Porque desde o momento em que tiro uma nota 5, 1 ou 2, estou na mesma mediocridade. Ou somos gente nota 10 ou o Brasil não vai ser transformado, como dizem estudiosos de fora, com doutorado e tudo. Sou admiradora de Lula. É como se fosse meu irmão. Mas ele abriu mão de seus conceitos, para continuar, pois, talvez estivesse sozinho...( e outros piores teriam tomado seu lugar, né? Mas quem são os "piores"? Tem alguem "bom"?) Ele foi levado. Agora a coisa está apertando. Temos que nos unir e orar por Lula. Vocês não sabem do que o poder é capaz. Se o poder não estiver nas mãos dos humildes e dependentes verdadeiros de Deus, o Brasil vai virar um caos.
Que levantem "jumentos timóteos", que abram mão de si mesmos e pensem no seu próximo.
Amemos a cidade e os que fazem a cidade conosco.
Eu se que jumento é perigo para a CIDADE, pois jumentos confrontam todos os que se interessam por algo... em nome de dizer que é para a Cidade. Claro que não vamos ser bobos de dizer que todos vão fazer tudo de graça. Não é isso. Falo de justiça. JUSTIÇA. VERDADE. INTEGRIDADE HUMILDADE.
Agradeço o espaço concedido a mim, pois jumentinha sabe das implicações que é se comprometer com jumentos. Mas não se esqueçam, Rosângela também está no mesmo barco.Estou sendo julgada pelos "jumentos".Se não conseguimos nos julgar, deveríamos pedir ajuda a um amigo de confiança. Para que ele nos julgue sim. Pois se assim não for, seremos condenandos com o mundo juntamente com todos os que seguem orgulho, mentira e coisas manipuladas ...

IMPRENSA QUE EU GOSTO... E QUE TODO MUNDO GOSTA:
É IMPRENSA livreeee ...

Que nossa prática seja coerente com o discurso.

E vocês, "jornalistas dos blogs por aqui", estão de parabéns! São corajosos.
Passaram no teste da "jumentinha doida e que não diz coisa com coisa".
Quero parabenizá-los também por não se prestarem a ser bajulados.
Bajulação está a serviço da opressão.
Muito obrigada.
Avancem, Campos está sendo passada à limpo!

Jumento não é folclore, é realidade. Realidade Espiritual.

Não quero nada e é verddade: somente VERDADE HUMILDADE INTEGRIDADE.

Desde pequenininha que não me conformo com injustiça. Quem não se lembra ou sabe daquele bandido ( “queriochesma”, ouvia isso em criança) , que praticou todos os crimes e morreu pelo crime que não praticou? Pois é. Um injusto foi injustiçado. Mas justiça é reta, íntegra e humilde.
Chega de manipulação eleitoreira para oprimir e continuar oprimindo cidadãos . Esses oprimidos são os que mais bajulam. Não lêem entre as linhas... e vão na onda...

Por isso, só por isso tudo não querem jumentinha doida.
Mas não adianta gente, já estourou, só falta vazar.

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Canção Óbvia

Escolhi a sombra desta árvore para
repousar do mundo que farei,
enquanto esperarei por ti.
Quem espera na pura espera
vive um tempo de espera vã.
Por isto, enquanto te espero
trabalharei os campos e
conversarei com os homens
Suarei meu corpo, que o sol queimará;
minhas mãos ficarão calejadas;
meus pés aprenderão o mistério dos caminhos;
meus ouvidos ouvirão mais,
meus olhos verão o que antes não viam,
enquanto esperarei por ti.
Não te esperarei na pura espera
porque o meu tempo de espera é um
tempo de "quefazer".
Desconfiarei daqueles que virão dizer-me,
em voz baixa e precavidos:
É perigoso agir
É perigoso falar
É perigoso andar
É perigoso, esperar, na forma em que esperas,
porque esses recusam a Alegria de tua chegada.
Desconfiarei também daqueles que virão dizer-me,
com palavras faceis, que já chegaste,
porque esses, ao anunciar-te ingenuamente,
antes te denunciam.
Estarei preparando a tua chegada
como o jardineiro prepara o jardim
para a rosa( ou outra flor) que se abrirá na primavera.

Paulo Freire
Gèneve, Março, 1971.

In: Freire,P.Pedagogia da Indignação. SP:UNESP, 2000

Anônimo disse...

Seu artigo está bom demais. Inegavelmente o melhor: MONITOR cAMPISTA.

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Verdade: Jesus, o que monitora todo o Brasil a começar em Campos! Valeu.
Avance Monitor Campista que este nome é Profetico. Mas se for sem graça e verdade, vai acabar monitorando para oprimir.
O Diário também é profético, e isso mesmo, tem que ser do dia, da luz, bem claro e verdadeiro, pois se for "noiteário", obscuro, vai se perder em trevas onde mentira corre solto e tem que arranjar mais mentiras e manipulações para corroborar situações dúbias. Fora disso, hein? A luz está brilhando.

Quanto a "FoLha da Manhã"!!!!
Puxaaaaaaaaa a que tem o nome mais profético. Ela abraça hoje, o amanhã. Mas se ela manipular, se vender, mentir, disfarçar, seu amanhã será exposto e aí... o que era para ser profético e ajudar a Cidade, cai na propria profecia e tem que rever os conceitos.
Diário, por favor, não monitora o Campista, creia em DEus que tudo prescruta e Amanhã todas a Folhas serão CURA PARA CAMPOS!!!! Valeu?

Jesus quem me deu.
Quem tem Jesus tem tudo.
Não precisa nem da imprensa, Só precisa de umas "PRENSAAA", pois aí vai para o coração de Jesus, onde estão escondidos todos os tesouros de sabedoria.
uma jumentinha aprendendo muito com blogueiros que "não colocam coleira na véia" . Vocês vão longe e URGENTE.
Eu os abençoo em Nome de Jesus Lindo. Sem religião, pois não faço parte de nehhuma. Quem manda em mim é o Espírito Santo. Passou disso, tá ferrado!

olha a palavra aquiiiiiiii cara :
affessi,

a fé se...
Se a fé...
A fé sim..
Quer mais? Nada com o estar no coração de Jesus... coberta de sangue... que é LUZ e ofusca o diabo.

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Valeu.
Avance Monitor Campista que este nome é Profético. Mas se for sem graça e verdade, vai acabar monitorando para oprimir.

O Diário também é profético, e é isso mesmo, tem que ser do dia, da luz, bem claro e verdadeiro, pois se for "noiteário", obscuro, vai se perder em trevas onde mentira corre solto e tem que arranjar mais mentiras e manipulações para corroborar situações dúbias. Fora disso, hein? A luz está brilhando.

Quanto a "FoLha da Manhã"!!!!
Puxaaaaaaaaa a que tem o nome mais profético. Ela abraça hoje, o amanhã. Mas se ela manipular, se vender, mentir, disfarçar, seu amanhã será exposto e aí... o que era para ser profético e ajudar a Cidade, cai na propria profecia e tem que rever os conceitos.
Diário, por favor, não monitora o Campista, creia em Deus que tudo perscruta e "Amanhã" todas a "Folhas" serão CURA PARA CAMPOS e consequentemente par o Brasil!!!! Valeu?

Jesus quem me deu.
Quem tem Jesus tem tudo.
Não precisa nem da imprensa, Só precisa de umas "PRENSAAA", pois aí vai para o coração de Jesus, onde estão escondidos todos os tesouros de sabedoria.
Uma das jumentinhas aprendendo muito com blogueiros que "não colocam coleira na véia" . Vocês vão longe e URGENTE.
Eu os abençoo em Nome de Jesus Lindo. Sem religião, pois não faço parte de nehhuma. Quem manda em mim é o Espírito Santo. Passou disso, tá ferrado!

olha a palavra aquiiiiiiii cara :
affessi,

a fé se...
Se a fé...
A fé sim..
Quer mais? Nada como estar no coração de Jesus... coberta de sangue... que é LUZ e expõe as trevas.

olha a seguna palavra verificada "calmone"
Uma Calma... paz.... amém... avancemos

Jane disse...

Mas jornalismo ruim não é jornalismo ! Que isso professor? Como jornalista lamento que esteja formando novos profissionais com essa mentalidade. Falta de informação talvez fosse a palavra correta, a informação nenhuma, mas jornalismo ruim a ausência de jornalismo? Descordo !

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Jane, amada, entendo o que você diz neste tempo de passar tudo à limpo!

Mas o pior é que mesmo sendo ruim continua sendo jornalismo, afinal todos compram, todos lêem, todos acreditam.E muitos acreditam no que nem estão entendendo. Vão na onda... bajulam... brincam... e deixam....
Para mim, o pior jornalismo é aquele que joga "penas no ar". Mas uma coisa que jumentinho gosta de fazer... é catar as peninhas... uma por uma... com a maior paciência.
Quando o Menezes fala que prefere jornalismo ruim à ausência de jornalismo, é porque ele ( como eu) acredita que o bom Jornalismo acaba "contaminando" o ruim, sim.
Eu também prefiro ver o ruim mudar (seja jornalismo ou seja qualquer coisa), a ser eliminado. Se o jornalismo ruim continua ali, ele tem chances de melhorar, vai aprendendo( e é aqui que entra a humildade, no reconhecer-se necessitado de mudanças), vai brilhando. Na verdade, não conheço nenhum jornalismo ruim ou jornal ruim. Conheço "jornalistas ruins", e quando o "ruim está ligado a falta de informação, pode acontecer com muitos. O pior é quando o ruim está ligado à "maldade mesmo. Aí que mora o perigo! O "mau carater" está em todas as profissões e instituições. È tão bom ver uma turma bonita que sabe passar a bola para o outro para ver o gol e todos ficarem felizes.
Eu, por exemplo, nunca tive medo de ficar sozinha na jogada. Já fiquei e fico muito, mas não abro mão do que penso e acredito, pois pode ser que eu nem veja o gol, mas, quem sabe, amanhã meus netos verão, ou quem sabe farão um ou outro gol. Quem sabe, né?
E tem outra, o importante não é fazer o gol... o importante é liberar o campo... limpar o campo... iluminar o campo...
outros virão e farão, afinal, jumentinho é meio desajeitado para essas coisas.. Ele tá mais ligado em passar a bola e insistir para o outro completar. Jumentinho tem prazer em ver o companheiro fazer gol. Muitas vezes, a soberba no outro é tão grande, que prefere perder a jogada ou até fazer gol contra, afinal é bem melhor, que jogar no time da "jumentinha" , não?
Mas jumentos já estão acostumados com isso...eles tentam ver quem quer receber a bola...e passa... Lá na frente todos sabem as características dos jogadores... e tudo vai cada vez mais brilhando...
Assim abraçamos o amanhã.Quem abraça o amanhã (com o Espírito Santo)nunca vai querer voltar ao dia anterior para mudar, pois sabe que só vai avançar e não retroceder.
Por isso é bom ter:
humildade, verdade e integridade.

Já pensou se jumentinha desistisse? Ou alguem pensa que ela quase não fez isso?

Mais uma vez, a jumentinha aqui, véia de 56 anos, avó, quer agradecer a todos os blogueiros que consideraram suas jumentices, mostrando claramente que vocês não põem coleira em ninguém. Vocês podem realmente dizer com letras grandes: "Não fazemos parte de jornalismo de Coleira".
Mas, olha, atenção: Se aparecerem jumentinhos ofendendo aqui , manipulando, por favor, Coleira nos jumentos!!! Mas não os expulsem... com o tempo vão aprendendendo.
Nos colégios eu prefiro os mais difíceis! Amo este desafio! , olha... dá certo.

Jane disse...

Uga, gurrrrrrrrrrr , bugaaaaaaaaaaaaaa harrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!!!

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Vcs não gostam de debate? Aprendi ali na Faculdade nos anos 70 com Irmã Soraya, que num debate precisamos argumentar pontos de vista diferentes.

Afinal, gente, debate não é mais isso? O que é debate?

Um blog não é para ser instrumento de debates?
Por que as pessoas ficam tão irritadas?

Alguém para responder?

Tá bom.

Já entendi.

Valeu.

Desculpa Jane, esquece tudo o que eu disse aí em cima. Você tem razão. Eu desfalo tudo.
E você nem precisa desfazer seu "arggggggg buuuuuuuu.."

Te perdôo e avanço... Pode deixar que todas às vezes que você argumentar suas idéias eu vou concordar com você, tá?


Ah... sou chata? Bom mesmo é encontrar aquelas pessoas furiosas em engarrafamentos, que vêm com um revólver na cabeça da gente e ... a gente fica mansinho.... né? nem faz "arrrgh bummmmm". Ou você faz?
Corajosa você, hein?

Alfafa pra jumenta disse...

Magoouuuuuuu. Tadinha. Logo ela que é tão simpática, tão adorada, tão lida, tão respeitada. Povo injusto. Vcs hão de arder no fogo do inferno, com o "bicho ruim" enfiando o garfo bem lá onde vcs sabem bem.

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Sou isso tudo??? Nem sabia... que pena... queimei meu filme... me tratam tão mal... tadinha de mim...

Alfafa, sou pó, isso sim. Pó.

E quanto a isso aí de garfo... que coisa mais primitiva... inferno não é bem isso que você ouviu em historinhas, não. E não desejo inferno para ninguém. Declaro que aqui ninguém vai sofrer dores de inferno. Jesus é LIndo!

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Sou isso tudo??? Nem sabia... que pena... queimei meu filme... me tratam tão mal... tadinha de mim...

Alfafa, sou pó, isso sim. Pó.

E quanto a isso aí de garfo... que coisa mais primitiva... inferno não é bem isso que você ouviu em historinhas, não. E não desejo inferno para ninguém. Declaro que aqui ninguém vai sofrer dores de inferno. Jesus é LIndo!

olha a palavra: mazes

Anônimo disse...

O Monitor é o jornal que tem uma enorme capacidade de resistir como os mestres da sobrevivência política. Não fede nem cheira.se omite quanto a cidade tava pegando fogo, por sua condição de diário oficial, mas agora parece que tá querendo agradfar a prefeita atras de um qualquer...

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

AnÔnimo! Quem é você? Dono de JOrnal! QUal é o seu Jornal? Quantos funcionários têm o seu jornal? QUal a sua? Ver a Cidade pegar fogo? Você sabe sobre Políticas Públicas? Para você Políticas Publicas é trazer tudo a público para zombar e nada resolver?
Anônimo????
Bota a foto e vem falar, tá?
Qual o seu endereço?
Monitor Campista vai ter orgulho sim de ser um dos JOrnais mais sérios de Campos. E tomara que ele comece desde agora a monitarar você, que, pelo jeito, "tá doido para ver corroborada sua tese quanto ao que você torce para que ele seja..." Entendeu? Nâo? Leia várias vezes...que você vai entender. E tomara que a ficha caia, tá?
Não me faz pecar, anônimo! Por favor! Quero usar a árvore da Vida e trazer você tambémm para o corredor da Verdade. Porque se transparência e verdade não vai haver humildade mesmo!

Que coisa....

Anônimo disse...

O Monitor sempre foi um zero a esquerda. Sempre viveu nas tetas da prefeitura e por isso tem que elogiar o prefeito. Não tem nem maquinário próprio, o que dizer de opinião. É um reduto de poetas, como era a imprensa toda nas décadas de 30 e 40.
Agora, é protegido porque é o único que dá guarida a jornalistas de segunda, que nunca foram diretores de jornal, editorias, chefes de redação, chefes de reportagem. Etc.
Não se compara que o que foram A Notícia e A cidade, e não se compara com o que é a Folha da Manhã e O Diário.
Mas, proteção é proteção. Os outros jornais vivem e viveram décadas e décadas sem a verba da prefeitura. E o Monitor? Tira pra ver se não fecha no mês seguinte.

users online