quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Jornalistas discutem se querem cartão de ponto

Jornalistas parecem que vivem numa era pré-CLT. Muitos, por não se acharem trabalhadores como outros quaisquer, têm até vergonha de reivindicar o cumprimento de direitos. Nem se dão conta de que são, por vezes, mais maltratados que categorias aparentemente mais exploradas.

Agora mesmo jornalistas do município do Rio, assim como foi feito em outros locais, discutem se devem ou não receber horas extras. Uma questão superada em categorias mais organizadas. Muitos resistem ao cartão de ponto.

Jornalistas do Infoglobo (Globo, Extra, Expresso, G1...) e de O Dia têm assembleia hoje, às 21h, na sede do sindicato para discutir a questão. Muito provavelmente poucos coleguinhas aparecerão. A maioria deve se achar acima destes assuntos menores.

2 comentários:

Anônimo disse...

Por ser uma categoria altamente politizada, pode ser que os jornalistas pensem que a busca pelos direitos pode acarretar em demissões. Se quiser a amizade eterna de um jornalista, tente inflar o seu ego. Admire um ou dois trabalhos e pronto! Ganhou um novo melhor amigo...

francamente...

Rosângela - discípula aprendendo... disse...

Quê isso?

users online