terça-feira, setembro 23, 2008

CNT/Sensus: 42,7% confiam nas notícias e 74,3% defendem diploma para jornalista

Pesquisa CNT/Sensus divulgada ontem mostra que 42,7% dos entrevistados acreditam nas notícias que lêem, ouvem ou assistem. Outros 41,6% acreditam particialmente, 12,2% não acreditam, e 3,5% não sabem ou não responderam.

A pesquisa também quis saber a opinião da população sobre a manutenção da obrigatoriedade do diploma universitário para o exercício do jornalismo. A grande maioria, 74,3%, disse ser favorável à exigência do diploma. Outros 13,9% são contrários e 11,7% não souberam ou não responderam.

A maioria dos entrevistados também se disse favorável à criação do Conselho Federal dos Jornalistas (74,8%), contra 8,3% que disseram que não deveria, 6,5% que afirmaram que "depende" e 10,4% que não sabem ou não responderam.

A Pesquisa foi realizada de 15 a 19 de setembro, com dois mil questionários aplicados em 24 estados de cinco regiões, com sorteio aleatório de 136 municípios pelo método da Probabilidade Proporcional ao Tamanho – PPT. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos.

As questões sobre jornalismo foram incluídas na 93ª Pesquisa CNT/Sensus, destinada a sondar a opinião da população sobre vários temas da politica nacional. Veja outros dados aqui.

Um comentário:

César Ferreira disse...

Vitor Menezes, o nosso Zé Bob favorito do jornalismo, acha que conseguirá me espezinhar por muito mais tempo. Agora é guerra!!!

users online