domingo, agosto 03, 2008

Frases de efeito

Engraçado como algumas máximas têm efeito retórico mas não guardam qualquer relação com a verdade. A frase do telegiz que ilustra matéria de hoje de O Globo sobre a aplicação dos royalties do petróleo, como mostrado aqui pelo coleguinha Ricardo André, é um desses casos. "Os grandes culpados são os royalties!" parece com aquela piadinha do sofá. Obviamente os recursos não são culpados por nada (coitados, sempre tão generosos!). Os responsáveis são os integrantes das máfias políticas e empresariais, amparados pela passividade da cidadania.

5 comentários:

Gustavo Alejandro Oviedo disse...

Vitor, uma arma de fogo não é assassina por si só: depende de quem a utilize. Porém, sabemos que ter armas por perto é sinónimo de problemas, e fomos a favor de sua proibição em 2005.

Uma coisa parecida acontece com os royalties: é só dinheiro, muito dinheiro. E ele não corrompe por si só...ne?

Vitor Menezes disse...

Daí a não querer os royalties vai alguma distância...

Gustavo Alejandro Oviedo disse...

Nas atuais condições, com as máfias políticas e empresariais amparadas pela passividade da cidadania, são mais prejudiciais que benéficos, considerando o medio e longo prazo. Negar os royalties é uma tomada de consciencia diante de um panorama de tanta impunidade.

Vitor Menezes disse...

Bom, discordo. Negar os royalties é comprometer gerações futuras e admitir que estamos inevitavelmente reféns desta máfia a que você se refere. No fundo, no entando, concordamos com o essencial: do jeito que está, não pode ficar.

Rafael disse...

Do jeito que está não pode ficar![2]

Concordo e acho ainda que é necessário lembrar da Campos de antes dos royalties. Será que naquela época não existia corrupção? Será que negando tal recurso resolveríamos o problema da corrupção?

Honestamente, penso que não.

users online