sexta-feira, outubro 17, 2008

PHS formaliza apoio a Rosinha

O PHS formalizou hoje, às 14h, em reunião entre dirigentes do partido e do PMDB, o apoio à candidata Rosinha Garotinho nas eleições em Campos. Segundo o presidente do partido, Wainer Teixeira, a decisão obedeceu a uma avaliação do programa de governo da concorrente e à assinatura de um termo de compromisso com princípios básicos de políticas públicas de transparência na gestão dos recursos e investimentos em educação.

O Partido também se orientou pela decisão estadual da sigla em apoio ao PMDB no Rio. Pelo estatuto do PHS, as decisões sobre alianças em cidades com mais de 200 mil eleitores, caso de Campos, devem ser também avaliadas pela direção executiva estadual.

A reunião em que o PHS decidiu optar pelo apoio à candidata Rosinha foi realizada na noite da última quarta-feira. Além da direção do partido, votaram os 14 candidatos a vereador. Somando votos na legenda e nos candidatos, a sigla obteve 3465 votos no primeiro turno, quando integrou a coligação que apoiou o candidato Paulo Feijó (PSDB).

3 comentários:

gilberto disse...

Caros amigos,

Este texto abaixo foi postado no blog de Cláudio Andrade:

"Caro Cláudio Andrade,

Vou usar este espaço para externar minha tristeza com relação a um fato ocorrido nesta última quinta-feira, bem como protestar contra a falta de respeito e truculência verbal por parte de alguns jovens, nestes dias que antecedem à eleição para 2º turno em nossa cidade.

Ontem, quinta-feira (15/10/08), a professora Beth Araújo foi hostilizada e destratada por um grupo de jovens liderado por Vladimir, filho de Rosinha e Garotinho.

O incidente aconteceu na parte da tarde, quando a professora Beth Araújo passava com seu carro - com adesivo do candidato do 12 - na rua Voluntários da Pátria, em frente à casa do prefeito Alexandre Mocaiber.

Os jovens - que praticamente "intimavam" os motoristas a adesivarem seus carros com o plástico do 15 - vaiaram e gritaram "palavras de ordem" contra a professora, pelo simples motivo de ela estar com um plástico do candidato adversário à mãe do jovem.

O fato foi presenciado por dezenas de pessoas que estavam no local.
Revoltada, a professora Beth Araújo chegou a descer do carro e discutir com Vladimir e seus "pitbulls". Hipertensa, Beth Araújo logo depois teve de ser medicada.

Com mais de 60 anos de idade, a intelectual e professora Beth Araújo é digna de todo o respeito de nossa comunidade. Ex-secretária municipal de Educação e ex-diretora da antiga Coordenadoria Regional de Educação do Estado, ela foi agraciada recentemente com o prêmio Alberto Lamego, concedido por integrantes do Conselho Municipal de Cultura, em
reconhecimento ao seu trabalho em favor da cultura e da educação em
nossa cidade.

Deixo aqui a minha solidariedade à professora Beth Araújo, bem como meu protesto à forma violenta com que certas pessoas tentam fazer política em nossa cidade, sem levar em conta que vivemos em uma democracia, onde todos têm o direito de expor suas opções, sem precisarem ser "agredidos" por isso.

Lamentável a atitude desses jovens. Fico aqui a imaginar do que não seria capaz esse rapaz, caso sua mãe viesse a ser eleita. E fico assustada.

Cordialmente,

Fátima Vicente (professora estadual)"

Anônimo disse...

Fátima Vicente. É chumbo trocado, não dói. Você está se esquecendo que do lado do Arnaldo está havendo uma desavergonhada pressão sobre os funcionários da prefeitura para que os mesmos façam campanha para o 12. Então, não fique tristinha, não. Do lado de vocês também a barra é pesada e não tem santos, não.

Anônimo disse...

E ainda critica-se o solitário do eleitor de trocar seu voto por tostões. E quanto aos partidos que se vendem??? Recebem propostas dos dois lados e após contabilizar "escolhem a melhor opção para Campos". Aja estômago!

users online