quarta-feira, agosto 26, 2009

Povo da Mercearia discute destino do Canal Campos-Macaé




14 comentários:

Rodrigo Rosselini disse...

Acompanhei a discussão. Inclusive comentei lá no meu blog
http://rosselini.blogspot.com

zebulom disse...

Nâo pode comentar aqui não?
Ah... no meu ninguém lê. Vai aqui mesmo:

Vamos lá! Já mudamos de assunto? Tudo bem.
Vitor! vitooorr! Quer dizer que este governo que está aí"não é muito diferente do passado"??? Vitor...

Tudo bem! Canal!
Fecha ou não fecha?!

Vi que todas as falas tem suas queixas e sugestões. Todas coerentes sim. Tipo ping pong. A bolinha não saiu ali da mesa. Foi bonito. Gostei.
Mas gostaria de dar uns "pitacos"!Posso?

Sobre "pracinhas"! Cresci e adolesci ouvindo oposição usar como tema forte de palanque o seguinte: CAMPOS É CIDADE DAS PRAÇAS! Só tem PRAÇA. Entra Governo, sai Governo só pensam em PRAÇA!
Bem.. governos das praças "foram-se"!

E para dialetizar relativisando posições esquerdistas: VAMOS AGORA PENSAR NO POVO! Saúde, Educação, Segurança, eticétera.

E assim, para ajudar, dois velhinhos conversando ( Abraçando o amanhã):
Seu Malaquias e Seu Zacarias.

Seu Malaquias: Cê vai votá em quem?

Sei Zacarias: Cê sabe que voto é secreto, né? Por quê tá perguntando? Num sei ainda. Naquele que não for mais fazer praça.

Seu Malaquias: Eu vou votar naquele que vai tirar algumas praças. Povo nem tem tempo de estar em praça! Praça é para "madames" e "madamos" de fins de semana e ainda por cima quem tem carro.
Chega de "embelezamento" Povo quer ver a Cidade cheia de gente trabalhando e não precisando sair da Cidade para trabalhar deixando parte de sua familia por aqui. Isso quando pode sair.

Seu Zacarias: Ah... mas pensando bem, o Jardim do Alah é tão lindo... tem até uma marchinha sobre os brotos por lá.

Seu Malaquias: Brotos no jardim de Alah? Isso é utopia! Em jardim de Alah broto não tem vez. Broto lá tem que andar de burca, não pode falar e ainda por cima é discriminada nas coisas mais banais. Bem que poderíamos esquecer de vez este tipo de jardim onde "brotos não brotam". Ainda mais que tá um buxixo aí que os hômi de Alah tão por acá! Fazendo sei o quê não!

Seu Zacarias: iii me lembrei de Obama e de seus sonhos das Arábias...
É! Barack Obama, o presidente dos EUA, apresenta-se como partidário convicto de dizer a verdade. Nas entrevistas concedidas à mídia antes da viagem à Arábia Saudita e ao Egito, e durante o seu grande discurso no Cairo, ele proclamou que a peça central de sua política no Oriente Médio é o seu empenho em dizer verdades difíceis de ouvir.
De fato, Obama fez três referencias à necessidade de dizer a verdade em seu assim chamado discurso de mundo islâmico. Infelismente, para um discurso rotulado como exercício de expressão da verdade, a fala de Obama deixou muito a desejar. Longe de expressar verdades difíceis, o discurso de Obama foi um testemunho de conveniência política.

Cont...

zebulom disse...

As verdades aparentemente duras a serem ditas ao m undo islâmico incluiram declarações acerca da necessidad de combater as assim chamadas extremistas; dar igualdade de direitos às mulheres; defender a liberdade religiosa e encorajar a democracia. Infelismente, todas as suas declarações em relação a esses temas fram apenas manifestações abstratas e teóricas, desprovidas de quaisquer prescrições práticas.
Ele falou da necessidade de combater terroristas islâmicos sem mencionar que o repaldo e as respectivas bases intelctuais, polpíticas e financeiras provêm dos mesmos políticos, mesquits e regimes da Arábia Saudita e do Egito enaltecidos como moderados e respnsáveis.
Obama faliu da necessidade de garantir aigualdade das mulheres sem fazer menção a práticas islâmicas comuns, como os chamados assassinatos de honra e a mutilação feminina. Ele ignorou o fato de que em todos os países islâmicos são negados às mulheres direitos humanos e direitos legais fundamentais. E aí ele respaldou suas declarações alegando enganosamente que as mulheres dos EUA sofrem similarmente de desigualdade de direitos. Discutindo a questão desta maneira, Obama enviou a mensagem de que não poderia importar-se menos com o pleito das mulheres no mundo islâmico.
Ele falou igualmente da necessidade de garantir a liberdade religiosa, mas ignorou o apartheid religioso da Arábia Saudita. Pronunciou-se sobre as benesses da democracia, mas ignorou os problemas das ditaduras.
Resumindo, a “fala direta” de Obama ao mundo Árabe, iniciada com a falsa proclamação de que, como a América, o islã está comprometido com 'a justiça e o progresso, a tolerância e a dignidade de todos os seres humanos”, foi consciente e fundamentalmente fraudulenta. E essa fraude foi promovida para favorecer seu objetivo de situar o mundo islâmico em pé de igualdade moral com o mundo livre.
De forma semelhante, as duas “verdades” de Obama sobre Israel foram caracterizadas por desonestidade factual e moral a serviço de fins políticos.”
Quer continuar leitura? www.carolineglick.com

E o que tem a ver isso tudo com o tema? O quê?Do jeito que a coisa anda no Brasil, só em ouvir falar em muçulmano já queremos deixar tudo explicadinho nos mínimos detalhes. Senão teremos praça mas as mulheres presas dentro de casa... Já pensou?

Bem... canal...
Fica ou não fica?
A quem interessa ficar o canal?
A quem interessa tirar o canal? De quem é Cidade?

Bem... quando estive em Parintins, dando uma volta ao redor da Ilha pude observar algo bem justo: Um lado da ilha só tem casarões. No outro lado, pobreza. Quem a vista bonita da ilha? os pobres. Quem tem a vista feia da ilha? Os ricos. E aí podemos fazer uma pergunta: Quem quer a vista mais bonita do canal?
A vista mais bonita paa uns é ter o canal Bonito. A vista mas bonita para outros não ter o canal.

Isso de "tomba e não tomba..." não ligo mais para isso não.
Na éoca de Jesus os opressores se procupavam mais co os prédios que dias santos disso e daquilo do que as pessoas, com o coração das pessoas. Até el lideranças de igrejas muitas vezes mais amor e apego as apar~encias, prédios, estrutura e tradições que com as pessoas. Paulo Freire também falava sobre isso.
Vamos pensar mais nas "Gentes de Carne e Osso", gente!

Isso é um debate legal.
Canal não canal...
Praça não praça...

BOns ventos...
Sinal de que não há corrupçãp para ser pauta do dia, não?

Será que o governo hoje não está tão diferente assim?

zebulom disse...

Corrigindo:
Na época de Jesus os opressores se preocupavam mais com os prédios, dias santos disso e daquilo do que com as pessoas, com o coração das pessoas. Até as lideranças as de igrejas, hoje, muitas vezes, tem também mais amor e apego as aparências, prédios, estrutura e tradições que com as pessoas propriamete ditas.
Paulo Freire também falava sobre isso.

Desculpa-me, erro muito. Vou ter mais cuidado.

Emmanuel disse...

Acho que é a primeira vez que vejo um grupo divulgar conversas sobre a cidade, não sei se é realmente por não acontecido em outra época ou se não estava em uma mídia comum para mim, espero que seja a primeira opção, e que também este movimento se espalhe.

PS: Pelo jeito tem um novo blog nos comentários.

Anônimo disse...

Esses hermanos... vou te falar... "os royalties estão sendo mal utilizados, acabem com os eles!"... "o canal está feio, acabe com ele!"...
Seguindo essa lógica, diante de suas besteiras não tentem convencê-lo, expulsem-no

zebulom disse...

Anônimo, "não é acabar" com as "coisas" e sim "reconstruir" o ser humano...

Será que você só captou aqui o destruir?

Que coisa, né?

Uma pergunta: Quando você diz:"Esses hermanos..." Na atual (des)conjuntura, você não se considera irmão, não?

Você leu tudo? E por que só se fixou no "esses hermanos querem arrancar?"

Por que os "hermanos"...? Não será que há aí uma conotação discriminatória?

Será que o problema de Campos, Estado e Brasil não está mais nesta coisa de "hermanos" que qualquer outro "antiprojeto" que eles possam trazer?

Já pensou se não fosse JESUS que susentasse todas as coisas soberanamente? Você acha que eu estaria aqui? E você acha que se eu estivesse procurando o que é meu, ainda estaria aqui?

Se o "meu preferido" resolve colorir de azul, agora o azul era para ser usado.Se o meu preferido erra, tapo seu erro. É por aí?

Devemos ser mais coerentes e verdadeiros em nossas posições e preferências sendo coerentes com o melhor para a Cidade,Estado Brasil e não nos promovendo promovendo o "nosso grupo". Erro é erro. Acerto é acerto. Os bem intencionados erram também. Os mal intencionados sã o próprio erro.
Todos vêem, mas tem medo. Temm medo sim. Ou vcs pensam que se eu não tivesse certeza que estou nos pés de Jesus eu estria aqui? Não estaria mesmo. JESUS É TUDO EM TODOS. Só não vai para os Pés dEle quem não quer.
O anónimo viu Luz em mim. Mas também... tô ali agarrada nEsses Pés de Luz...
Que sejamos como Timóteo, buscando o que é de Cristo e não o que é da gente mesmo.
Buscar o que é de Cristo é buscar o que é do outro, é ser verdadeiro, íntegro, e humilde.
Buscar o que é de Cristo é passar todas as vergonhas e "saias justas", geralmente de anônimos, para vir dizer o que precisa ser dito e que muitos não podem dizer.

Buscar o que é de Cristo é fazer o bem ao próximo com transparência, na luz, dando as caras.

O mal vem sempre sob disfarce. Nunca vem declarado.E os disfarces são mis.

Bem, espero que sejam levantados no Brasil os timóteos, que buscam não o que lhes é próprio mas o que é do Brasil.

Esses Timóteos não dependerão de política, não dependerão de dinheiro, não dependerão de fama, não dependerão de serem compreendidos, não dependerão de serem aceitos, não dependerão de reuniões disso e daquilo para saberem se eles podem atuar,
não dependerão de campanhas, não dependerão de articulações por baixo "dos pano" em nome de uma direção positiva para isto ou aquilo, não dependerão de honras, de reconhecimentos, não dependerão do medo da morte para se preservarem e não dependerão de quem os defendam. Não dependerão de nada.Só dependerão de Jesus Cristo o Rei das Nações e uns dos outros onde se darão as mãos em comunhão.

Os que derem a destra da comunhão caminharão juntos onde só Jesus vai brilhar.
cont.

zebulom disse...

E a Luz de Jesus NÃO DEIXA DE BRILHAR. É IMPOSSIVEL! ELE JÁ BRILHAVA ANTES DA FUNDAÇÃO DO MUNDO.
O primeiro "Haja" ali em Gênesis, "Haja luz", tinha no hebraico o significado de: "APRESENTE-SE" LUZ! ISTO É, APRESENTE- SE JESUS!
Os outros "hajas" de Gênesis 1 foram para: Faça-se... isso, ou aquilo... E na hora de fazer o homem, Deus diz: FAÇAMOS! Lindo! O Pai, O filho e o Espírito Santo, juntos,criando o Homem com corpo, alma e espírito. Ora Jesus É. Ele sempre É o "EU SOU".

Vamos para os Pés de Jesus que é bem melhor.São pés de Luz, a bilhões de anos luz por hora...
E haja mãos e dedos para teclar tudo o que se refere a Ele, a Vida, a Alegria, a Perdão, a VERDADE, INTEGRIDADE E HUMILDADE!!!

É isso,ANÕNIMOS! Eu não sei quem são os anônimos "não Timóteos", mas Jesus sabe. Ele sabe tudo. Antes do inicio.

Veja:http://www.youtube.com/watch?v=Hzkc6GCCZbI

hermana zanzdEle, timótea!

PS
Vamos nessa? O Brasil espera e não temos mais muito tempo...
Já viram ,né?
Se depender deles lá... Só buscam o que é deles mesmos...


QUEM TEM JESUS E SABE QUE TEM JESUS, NÃO PRECISA DE MAIS NADA. QUEM NÃO TEM NADA NÃO TEM O QUE PERDER. QUEM NÃO TEM O QUE PERDER, TUDO O QUE VIER É LUCRO. E PARA ESSES O MAIOR LUCRO É VER A NAÇÃO SADIA, JUSTA, VERDADEIRA, HUMILDE, ÍNTEGRA!

E ISSO, hermanos... só mesmo com JESUS CRISTO e sem instituição religiosa.

é isso... só... Nada mais que isso...
o resto é.. "Não-timóteos..." Pode vir com a capa das mais belas elocubrações...

Só é enganado quem busca o que lhe é próprio...

Hum! Gostei desta Palavrinha: Lorse

Lord é o SENHOR

E por favor, anônimos, se quiserem vir dizer que isto não tem a ver com o assunto, venham "não anõnimos". Afinal precisamos saber quem é, não?

Chega de "testas de ferros..."
Que seja confrontado do espírito de engano.

Só vale anõnimo timóteo. Esse sim, vale.

olha a palavrinha aqui:
discitu

Puxa... DISSE TUDO.]E DISSE MESMO.
O que passar disso é procedência do mal.
A Honra toda seja dada a JESUS LINDÂO!

zebulom disse...

Expulsar os hermanos? Expulsar?
CENSURA NUNCA MAIS!

olha aqui a palavrinha:
powbmi - Pow bem em mim?

Por favor, Vitor, Sem Censura. Esse anônimo? Quem é?

Anônimo disse...

Lamentável e desestimulante essa zona aqui nos comentários. Recomendo que ocorra o bom senso na moderação do blog.

Rodrigo Rosselini disse...

Também acho que devemos evitar os excessos, sem precisar da ação da moderação, contando apenas com o bom senso.

zebulom disse...

O que seria Bom senso?

* Falar o que pensa com "menos palavras?"

ou

* Não falar o que pensa?

* Não falar nada? Bater em retirada?

Jorge Rocha disse...

coloca esse material no youtube, seu menezes. senao vou ate ai e te dou uma bifa.

Anônimo disse...

bom senso é não sair poulindo os mecanismos de comentários dos blogs alheios só porque você não é lida em seu blog. Se você não é lida deve haver algum motivo, já se perguntou?
Será que está todo mundo errado e só você que está certa?
você faz dos comentários quase que um blog pessoal, isso é irritante, uma poluição visual desagradável e desistimula qualquer um a comentar nos posts...

pense nisso... pensar não doi... e também não venha dizer que isto é censura... apenas opiniões.

users online