sexta-feira, agosto 21, 2009

MP determina cancelamento do Tributo a Raul

O Ministério Público Estadual determinou há pouco o cancelamento do show Tributo a Raul Seixas, com Reubes Pess e vários outros artistas, na praça do Senai, em Campos. O evento tinha previsão de início para daqui a instantes, às 22h.

Somente agora os organizadores tiveram conhecimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que proíbe eventos deste porte no local. O show tem apoio da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima.

Os músicos e técnicos já desmontam os equipamentos e tentarão, ao longo das próximas horas, avisar ao público sobre o cancelamento. Uma nova data e local serão marcados.

5 comentários:

Anônimo disse...

Que pena... Esperamos uma nova data! Quando a prefeitura enfim decide apoiar artistas locais e música de boa qualidade... Engraçado que aparecem com isso em cima da hora!
O evento está sendo divulgado há vários dias! Será que criariam encrenca se fosse show da banda Calypso?

Anônimo disse...

P#$%@! Esses caras não tem mais o que fazer não? O que tem naquela praça de tão importante? Tanta coisa errada pro MP fiscalizar...

Anônimo disse...

Com quem Stevenson sonhou?

As agências bancárias estão limitando a entrada de clientes. Numa sala de aula, em média, encontram-se 35 alunos. Os bancos permitem, no máximo, 10 clientes por vez.

Uma agência bancária, normalmente, é maior que uma sala de aula.

Para a agência bancária; atender mais de dez(10) pessoas significa aglomeração, portanto se trata de risco de contaminação.

Para as autoridades(Dr Hirano, Dr Chicão, vereador Renato Barbosa e outros), uma sala de aula, que em média recebe 35 alunos, não traz perigo algum; porém nenhum deles permite que seus respectivos filhos compareçam ao colégio. Inclusive, os mesmos(filhos) foram levados para fora de Campos(São João da Barra).

Realmente, está tudo sob controle. As citadas autoridades avalizam o retorno de cerca de 51 mil alunos, entretanto retiram seus filhos do município.

O limite de entrada de clientes nos bancos(10 por vez) foi determinado pelo Departamento de Epidemiologia(Secretaria Municipal de Saúde; Dr Hirano).

A liberação para que 51 mil alunos retornassem às aulas, em salas com 35 alunos(em média) durante 5(cinco) horas diárias, em Unidades Escolares que não possuem material necessário à proteção também foi do Departamento de Epidemiologia(Secretaria Municipal de Saúde; Dr Hirano).

Quando li(há muito tempo) o livro “O médico e o monstro”, Robert Louis Stevenson; fiquei maravilhado por saber que, segundo o próprio Stevenson, em entrevista publicada no The New York Herald de 8/09/1887, teria vindo-lhe em sonho o argumento para a história do médico que descobre, por meio da química, uma maneira de dividir suas porções boa e má, ou civilizada e selvagem.

Monstro, segundo Aristóteles, é aquele que não chega a fazer a obra que começou por causa da corrupção de seus princípios.

Na nossa cidade, temos também o nosso JEKYL/HYDE

Jules Rimet disse...

Anônimo das 20:45: se isso tudo que você escreve for verdade, estamos diante de problemas sérios de ética e responsabilidade.
´
----------

Vítor, os comentários também fazem parte da leitura diária de muita gente que acessa o blog. Peço a gentileza de moderar os chatos em excesso. Veja que não estou falando dos chatos de "vez ou outra", mas daqueles de sempre, monologuistas, cutucantes, chatos-chatos. Você sabe.

zebulom disse...

Afinal, quem sou eu, né?

users online