terça-feira, agosto 04, 2009

Pescadores do Paraíba vão ao MPF para cobrar salários

Foto: César Ferreira / 27/11/08
A Agência Brasil informa aqui que a Associação dos Pescadores do Rio Paraíba do Sul, que tem sede em Campos e representa cerca de 4 mil trabalhadores, acionou ontem o Ministério Público Federal para garantir o pagamento do salário mínimo a que cada pescador tem direito em época de defeso ou de proibição da pesca. A Bacia do Paraíba do Sul está com a pesca proibida desde novembro do ano passado.

"No dia 18 daquele mês, a pesca, que já estava suspensa por causa do defeso (época da desova), foi proibida, devido ao vazamento de 8 mil litros do defensivo agrícola Endosulfan no rio [foto]. O vazamento do pesticida ocorreu por causa da falha no descarregamento do produto na Servatis, no município de Resende, no sul fluminense. A empresa é responsável pela formulação e envase do produto", lembra a matéria do repórter Luiz Augusto Gollo.

Um comentário:

tatiana disse...

AGRADEÇO O ESPAÇO PARA PODER EXPOR UMA INDIGUINAÇÃO QUE SE PASSA COM UM GRUPO DE APROXIMADAMENTE 350 ESTATUTÁRIOS DENOMINADOS AUXILIARES DE VIGILÂNCIA QUE COMPÕE O EFETIVO DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL E QUE NEM OS ORGÃOS COMPETENTES E A SOCIEDADE CONHECE OU SABE A DIFERENÇA ENTRE ELES E OS GUARDAS.

ACREDITO EU QUE O QUE ESTA FALTANDO É UM POUCO MAIS DE INFORMAÇÃO.POIS OS PRÓPRIOS NÚMEROS DO EFETIVO DA GUARDA DIZEM TUDO SE ANALIZARMOS:

_A QUANTIDADE DE GUARDAS;

_A QUANTIDADE DE AUXILIARES QUE NÃO PODEM EXERCER A FUNÇÃO DE GUARDA E NÃO TEM SEUS DIREITOS ADQUIRIDOS;

_GUARDAS COM IDADE OU ACIMA DA IDADE DE SE APOSENTAR ESPERANDO O TÃO SONHADO PLANO DE CARGO;

_GUARDAS SEDIDOS.

AI SOBRA A VERDADEIRA GUARDA CIVIL MUNICIPAL QUE TEMOS.

SERÁ QUE O VERDADEIRO PATRÃO DELES, OU SEJA A POPULAÇÃO, SABE DISSO?

TALVES ELA FICARIA ABSMADA COM O GRANDE EFETIVO DA GUARDA QUE TEMOS VIRTUALMENTE DE 936 QUE PELO CADASTRO PASSADO A NOVA ADMINISTRAÇÃO PELO GOVERNO ANTERIOR QUE CONTAVA NESSE EFETIVO AGENTE DE SERVIÇOS GERAIS, ASSISTENTE ADMINISTRATIVO II, AGENTE DE SERVIÇOS GERAIS III,FISCAL DE URBANISMO, ESTATUTÁRIOS QUE NÃO SÃO GUARDAS.

É AI QUE O AUXILIAR DE VIGILÂNCIA É USADO COMO GENÉRICO, DUBLÊ E MÃO DE OBRA BARATA, POIS O SALARIO É DE 53% EM RELAÇÃO A DO GUARDA MUNICIPAL, NÃO GANHAM RISCO DE VIDA OU INSALUBRIDADE E SÃO EXPOSTO EM HOSPITAIS E POSTOS INSALUBRES SEM RESPALDO E VÃO PARA O OSTENSIVO SEM RISCO DE VIDA COMO FAROL DE SÃO TOMÉ NO VERÃO, EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA, BIENAL, EVENTOS EM GERAL.

SEM CONTAR O PRECONCEITO E A INDIFERENÇA QUE SOFREM POR PESSOA DO ORGÃO QUE POSSUEM UMA ÍNDOLE INDIVIDUALISTA, MALICIOSA, HIERÁRQUICA E PEJORATIVA.

users online