sexta-feira, outubro 24, 2008

Advogada agredida conta história diferente hoje em "O Diário"

“Nunca revelei meu voto e não disse que minha família deixou de ser 15. É tudo mentira. Essa história foi longe demais”, lamenta a bacharel em Direito, Marcela Barcellos de Almeida Lopes, que virou notícia esta semana, na Folha da Manhã, segundo à qual, teria sido desacatada por uma pessoa que fazia campanha para o 15, em Campos.

Marcela confirma que estava com seus filhos no carro, na quarta-feira, e levou um susto ao ser abordada de forma agressiva por uma pessoa a quem não atendeu ao pedido para colocar um adesivo do 15 em seu veículo. Diz, inclusive, que prestou queixa na 134ª Delegacia Legal (DL/Campos), mas nega que tivesse visto o possível militante com a camisa do 15. “Ele vestia blusa azul”, resume."

O trecho acima é de matéria do jornal O Diário, que está nas bancas nesta sexta, 24, e na internet, aqui.

4 comentários:

Anônimo disse...

Será que é porque ela sentiu que vai dar Rosinha?

Anônimo disse...

Nossa que novidade!!! ficaria surpreso se O Diário se não desse a informação contraria a da Folha...mas essa já era esperada...

To de Olho disse...

É um circo, eles os palhaços e nós a plateia.
Tá na cara que houve alguma coisa p que a agredida mudasse sua palavra. Até o escrivao ela disse que errou, entendeu mal!!! Mas será q este povo acha que todo mundo é burro, idiota... já passou o tempo disso gente.
Todo mundo é SABIDO e se faz de bobo p viver. kikikikik

marcela barcellos de almeida lopes disse...

Não mudei minha opinião só dei espaço a um outro jornal.E mas não disse que é tudo mentira, porque é tudo verdade fui atacada por uma pessoa que trabalhava para o 15, fui agredida.Realmente a minha familia é 15 o meu voto nunca divulguei.O jornal O diário errou quando colou em sua capa que eu disse que é tudo mentira, na verdade até agora percebo que os jornais em si não derão enfase ao que passei com meus filhos cada um coloca o que lhe convém.

users online