terça-feira, julho 27, 2010

LLX apresenta nesta quarta Unidade de Tratamento de Petróleo de R$ 1,1 bi no Açu

A empresa LLX Açu apresenta nesta quarta, 28, em audiência pública em São João da Barra, projeto de  instalação de Unidade de Tratamento de Petróleo (UTP), no Superporto do Açu, que custará R$ 1,1 bi somente na primeira fase, com capacidade de tratamento de 400 mil barris por dia.

De acordo com a assessoria da imprensa da empresa, a implantação da UTP "está de acordo com as políticas da LLX, que têm como objetivo gerar desenvolvimento e renda nos locais onde atua, com respeito ao meio ambiente e segurança".

Ainda segundo a empresa, o "petróleo será transportado das plataformas até o Superporto do Açu por navios. Entre o local para atracação dos navios e a unidade, o petróleo será transportado por dutovia enterrada, sujeita a baixos níveis de pressão externa. Ainda assim, estas tubulações foram dimensionadas e serão detalhadas considerando as condições mais severas de pressão, temperatura e resistência a corrosão, garantindo a integridade dos tubos durante a operação".

A audiência pública acontece no Grupo da Terceira Idade, na rua dos Passos, às 19h.

Um comentário:

Alicinéia Gama disse...

Resta saber o que os moradores daquela região estão achando desse desenvolvimento. Pelo que sei, tem muitas psssoas que nasceram ali e que têm medo de perder suas terras (muitas, fruto de herança e de onde tiram o sustento). E olha que as famílias as quais me refiro moram em localidades como Pipeiras, de certa forma, "distante" do Açu. Desenvolvimento é bom, mas com respeito à diversidade cultural.

users online