segunda-feira, julho 20, 2009

Jornalismo em dez lições

Agora, depois de algumas palestras você se torna um jornalista. E a indústria dos cursinhos já começou. Olha um aqui, da Revista CULT em parceria com a Cásper.

3 comentários:

Jules Rimet disse...

Se fosse à distância eu me matriculava, ahahhaaa. Já pensou, eu com diploma de jornalismo cursando um mês? E está muito bom. Tem quem nunca cursou e tem cursou e é péssimo, vocês sabem, todos conhecem.

Anônimo disse...

Isso é mais do que uma barbaridade. Que estejamos unidos nessa luta e que a situação se normalize o mais rápido possível. Todo jornalista diplomado deveria ganhar do governo, indenização por danos morais diante dessa decisão tão "malígna" que o STF está fazendo o profissional graduado passar.

alicineia disse...

o comentário abaixo é de uma amiga de faculdade. como ela não conseguiu postar, pediu que eu o fizesse.

==============
Caros, Colegas!

Cada dia que passa fico mais envergonhada de ser brasileira. Quando paro e penso o quanto meus pais investiram em minha faculdade, me dá revolta! Tantas noites mal dormidas e tantas dificuldades encontradas. Tanta renuncia! Para quê? Para ver um senhor da justiça de uma hora para outra tirar o meu bem mais precioso: o diploma.
Pobre da minha falecida mãe, que muitas vezes me dizia: “minha filha, não me importo em fazer sacrifício, pois o que vou deixar para você, ninguém vai te tirar!” Ainda bem que ela não está aqui comigo para ver essa barbaridade. A sensação que tenho é que fui violentada com essa decisão da Justiça. Daqui a pouco teremos comediantes e “atrizes” apresentando jornais e ganhando o quádruplo que a gente ganha.
E sabe o que mais me dói? Ver estudantes de outros cursos, gente que para mim é babaca, rindo de nossa cara, debochando da gente, como fizeram comigo em um evento do local onde trabalho. Falaram comigo: “É, agora qualquer um pode ser jornalista!” Amigos, sei que a instituição de ensino superior onde me formei não tem nada com essa palhaçada do Supremo. Mas a União tinha que nos indenizar. Seria o mínimo por nosso investimento. Afinal, ainda não tenho condições de investir em outra faculdade. O Brasil não deve somente a mim, mas a 80 mil jornalistas formados, pessoas que muitas vezes deixaram de comer, de vestir, para ter o tão sonhado curso superior.
Ser ressarcida não tira o mal estar que sinto nesse momento, mas pelo menos, me dá a oportunidade para investir em outra coisa. Quero apenas justiça!

SERRANA FILETTI
Jornalista Formada e Assessora de Imprensa

users online