sábado, outubro 17, 2009

Características desse cão perdido

4 comentários:

Rosângela disse...

´Vitor, trás mais, por favor! Muito bom. Foi aqui, no seu blog, Vitor que conheci Chaparro. Achei interessante você trazer caminhos. Toda pessoa que trás caminhos para os outros e não guarda para sim, é uma pessoa que vence porque é uma pessoa que reparteE quem reparte acaba recebendo mais, esta é a lei da Árvore da Vida. Gosto de ver sua postura "inquieta-tranquila", seu "jeito-professor-moleque", sua forma respeitosa de ver as coisas.

Queria um dia, ser sua aluna. Conheci uma professora de Jornalismo em Parintins e tive vontade de ser aluna dela também, mas como Campos é minha Cidade, e FAFIC a Faculdade que me deu toda a base do que sei hoje, gostaria de estudar Jornalismo por aí...
Quem sabe, Vitor, serei sua aluna um dia!

Mas agradeço por ter me apresentado ao Chaparro.

Um abraço
Rosângela

Rodrigo Rosselini disse...

É o Vítor Menezes?

Sagaz disse...

eu ri do comentário do Rodrigo! #edaí

Anônimo disse...

Para ser um grande jornalista deve-se, antes de tudo, nunca dizer antes de mais nada.

users online