sexta-feira, setembro 10, 2010

Humoristas no poder: conheça a história do tiririca que deu certo na Islândia


A revista Piauí que está nas bancas traz matéria de Luciano Domingues Dutra sobre a eleição, para a prefeitura de Reykjavík, capítal da Islândia, do humorista Jón Gunnar Kristinsson (foto).

O tiririca do primeiro mundo prometeu algo semelhante ao seu congênere latino americano: "Quero arranjar um trabalho bem pago pra poder ajudar meus amigos e parentes. Também quero ter assessores e ganhar um monte de coisas de graça”.

Na falta de um partido, criou um, o Melhor Partido, que tinha como plataforma não ter plataforma: "A verdade é que não temos nenhuma plataforma partidária, mas fingimos ter uma”.

Resultado: "Em 29 de maio [...] venceu as eleições municipais com 20 666 votos, 34,7% do eleitorado. É como se o Macaco Tião tivesse chegado ao Palácio Guanabara, ou Cacareco ao Palácio dos Bandeirantes. Mais precisamente, é como se o seu Creysson tivesse sido eleito, e Claudio Manoel, a caráter, fosse investido do mandato", disse a Piauí.

E o governo vai bem, obrigado. Não poderia ser diferente depois das suas tranquilizadoras palavras no discurso de posse:

“Ninguém deve ficar assustado com o Melhor Partido [...], porque ele é o melhor partido. Se não fosse, seria chamado de Pior Partido, ou Partido Ruim. Nós nunca trabalharíamos para um partido assim [...]. E pior não fica”.

Leia aqui a íntegra da matéria.

[Foto: Reprodução]

3 comentários:

Felipe disse...

Dom Jorgette de La Rocha ficou careca de vez? A foto dela no Twitter parece uma lagartixa esturricada

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

Os marketings mentem tanto, na maior cara de pau, que o pessoal resolveu partir para a gozação.

Ou, talvez, seja a primeira tacada para que todos comecem a pensar que podemos mudar.

Claro que a plataforma está mais para picaretagem que para uma revolução. Mas como a mentira é o que está no inconsciente coletivo, o povo deve achar que a mentira é legal, pois na verdade o que vai acontecer é o contrário. Embolei, né? Mas assim que é o governo mundial: Embolado e tudo escuso para ninguem entender.

Esta talvez seja a teoria da curvatura da vara de Saviane. A vara para ficar no equilibrio tem que ser totalmente virada para lado contrário.

Antes se mentia dizendo que ia fazer o correto.Hoje mente-se dizendo que não vai fazer o correto.

Amanhã, o que estou abraçando, todos vão falar o que é verdadeiro e cumprir.

É isso.

Splanchnizomai abraçando o amanhã. disse...

E ai daquele que continuar mentindo... Não vai ter para onde correr. Creiamos nisso. Nada vai ficar encoberto.

palavrinha:
striest

Vai ser triste... (rsrs)

users online