terça-feira, fevereiro 08, 2011

McDonald’s multado por não alimentar funcionários corretamente

Da Assessoria do Ministério Público do Trabalho

Brasília (DF), 8/2/2011 - Após comprovar irregularidades, o Ministério Público do Trabalho atribuiu, em janeiro, ao McDonald’s multa de R$ 13,2 milhões. Do valor, que será pago pelos próximos nove anos, a rede de fast food deverá destinar R$ 11,7 milhões à promoção de campanhas publicitárias contra o trabalho infantil, e R$ 1,5 milhão à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), que com o dinheiro, fará a aquisição de equipamentos de reabilitação física.

O MPT constatou ausência de Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e da emissão de Comunicação de Acidentes de Trabalho (CAT), além de falta de vestuário e do fornecimento de alimentação inadequada aos funcionários.

O estabelecimento mantinha, entre os funcionários de algumas de suas franquias, expediente que ultrapassava o limite legal de duas horas extras diárias, sem contar que os empregados não tinham descanso semanal previsto em lei. A Rede também é acusada de dificultar a sindicalização dos trabalhadores.

A empresa é reincidente. Em 2008, o MPT e o McDonald’s firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no qual foram estabelecidos prazos para a adequação das condições de trabalho dos empregados da rede.

3 comentários:

Álvaro Marcos disse...

Como será no Bob´s?

Anônimo disse...

Isso é porque vocês não sabem do tratamento dado aos funcionários do Bob´s.Multa neles.

Auci disse...

Havia lido sobre esta decisão pr estes dias. Na hora me lembrei dos relatos das muitas pessoas que entrevistei - que trabalharam para estas 2 redes citadas - neste meu pouco tempo de experiência em RH: total exploração!

Se a decisão for colocada em prática, ao menos, já será alguma coisa. Pior é quando recorrem e tudo cai no "esquecimento"...

users online