domingo, outubro 31, 2010

Dilma diz que vai zelar pela liberdade de imprensa

Luciana Lima e Luana Lourenço  / Da Agência Brasil

Brasília – A presidente eleita Dilma Rousseff, em seu primeiro pronunciamento após o resultados das urnas, disse que chegou a ficar triste com algumas notícias divulgadas pela imprensa durante a campanha, mas que pretende zelar pela mais ampla liberdade de imprensa. Ela ressaltou que é “naturalmente amante da liberdade” por ter lutado contra a ditadura militar.

“Não nego a você que, por vezes, algumas das coisas difundidas me deixaram triste. Mas quem como eu lutou pela democracia e pelo direito de livre opinião arriscando a vida, quem como eu e tantos outros que não estão mais entre nós, dedicamos toda a nossa juventude ao direito de expressão, nós somos naturalmente amantes da liberdade. Disse e repito que prefiro o barulho da imprensa livre ao silêncio”, disse.

Durante a campanha, por várias vezes, Dilma reclamou de reportagens e de denúncias apócrifas que circularam na internet com temas polêmicos de fundo religioso. Hoje (31), Dilma ressaltou que o papel da imprensa é fundamental para a democracia e que as críticas ajudam a perceber eventuais erros. “As críticas da imprensa livre ajudam o país, são essenciais aos governos democráticos, apontando erros e trazendo o necessário contraditório”.

Dilma disse que assume o compromisso com os direitos humanos e com as liberdades religiosas. “Assumo o compromisso de valorizar a democracia em toda sua dimensão, desde o direito de opinião e expressão até os direitos essenciais da alimentação, do emprego e da renda, da moradia digna e da paz social. Zelarei pela mais ampla e irrestrita liberdade de imprensa. Zelarei pela mais ampla liberdade religiosa e de culto. Zelarei pela observação criteriosa e permanente dos direitos humanos tão claramente consagrados em nossa constituição. Zelarei, enfim, pela nossa Constituição, dever maior da Presidência da República”.

[Dilma durante coletiva após o anúncio da vitória, na noite deste domingo - Foto: Marcelo Casal Jr / Abr]

Dilma, segundo Tereza Cruvinel


Dilma: a carta que Lula tirou da manga

Tereza Cruvinel / Especial para a Agência Brasil

Brasília – Dilma Vana Rousseff já teve muitas vidas, muitos nomes e muitos projetos de vida. O que ela nunca imaginou é que seria a primeira mulher brasileira a conquistar, pelo voto, o mais alto cargo da República, até agora ocupado só por homens. Ela foi eleita presidente com 55,5 milhões de votos, correspondentes a 56,01% dos votos válidos, derrotando José Serra, do PSDB, que teve43,606 milhões de votos, ou 43,99% do total de votos validos (com 99,56% das urnas apuradas).

Muita gente, dentro e fora do governo, também achava que isso seria impossível: embora a política tenha marcado toda a sua vida, Dilma nunca havia disputado antes uma eleição.

“Dilma não tem jogo de cintura eleitoral”, “Dilma é durona e carrancuda”, “Dilma é uma técnica sem carisma”. “Dilma não tem trânsito entre os partidos e os políticos”. Tudo isso e muito mais foi dito sobre a então ministra-chefe da Casa Civil, quando, ainda em 2008, começou a circular a notícia de que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pensava nela como candidata a sua sucessão.

[Continua aqui]

[Dilma hoje à noite, em seu primeiro pronunciamento como presidente eleita do Brasil - Foto: Marcello Casal Jr/ABr]

Democracia brasileira elege terceiro militante contra a Ditadura

Pela terceira vez consecutiva, a democracia brasileira elege para a Presidência da República um ex-militante político perseguido pela Ditadura Militar de 64. Depois dos dois mandatos de FHC e os dois de Lula, será a vez de Dilma Rousseff ocupar a cadeira que já foi de uma sequencia de generais.

Este aspecto é ainda mais significativo da consolidação das instituições democráticas no País do que a outra boa novidade desta eleição, a de que se terá, pela primeira vez, uma mulher na Presidência.

Registre-se que a vitória de José Serra também teria atendido a este quesito, mostrando o quanto a geração que lutou contra a ditadura conseguiu se estabelecer com vigor no cenário político nacional e se tornou legitimada pela população.

Estas eleições trouxeram ainda outro traço de consolidação da democracia: o respeito à possibilidade de alternância no poder, com a responsável decisão do presidente Lula de não utilizar os seus mais de 80% de popularidade para forçar uma mudança na legislação que o permitisse disputar um terceiro mandato – diferentemente do que fez Fernando Henrique Cardoso em relação ao segundo, à época inexistente.

No entanto, será preciso avaliar devidamente o papel de um Presidente da República durante a disputa eleitoral. Qualquer análise desapaixonada concordará que o presidente Lula exagerou na incorporação do papel de cabo eleitoral.

Analistas preveem que governo Dilma terá perfil mais técnico

Sabrina Craide / Da Agência Brasil

Brasília - A presidente eleita, Dilma Rousseff, tem um perfil mais técnico que político e deverá dar continuidade ao modelo de gestão implementado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A avaliação é do cientista político e sociólogo Antônio Flávio Testa, da Universidade de Brasília (UnB).

“Ela é muito menos negociadora que o presidente Lula, mas é a grande gestora dos programas do atual governo. Ela deve dar continuidade a esse modelo de gestão, mas vai precisar melhorar sua capacidade de articulação, com uma equipe flexível para se relacionar com o Congresso Nacional”, disse o professor à Agência Brasil.

Segundo ele, o governo de Dilma será bem sucedido se ela conseguir montar uma boa equipe e se relacionar com o Congresso de uma forma mais pragmática. Para isso, deverá contar com a ajuda do presidente Lula que, em um primeiro momento, poderá se afastar taticamente, mas depois vai acabar se engajando no futuro governo. “É muito provável que ele seja uma grande liderança informal para negociar a governabilidade e deixar a Dilma tocar os seus projetos”.

O cientista político e doutor em sociologia Murillo de Aragão, da Arko Advice, também tem uma visão otimista do futuro governo. “Em um primeiro momento, será um governo que começa sob as bençãos políticas do governo Lula, mas tem tudo para ser um governo politicamente eficiente”, previu. Para ele, apesar de ter um perfil mais técnico, Dilma representa um projeto político que será continuado. “Ela sabe muito bem a situação em que foi eleita, e que representa um projeto político importante”.

[Foto: ABr]

Lula não fará pronunciamento hoje

De acordo com a cobertura da Band, o presidente Lula não fará pronunciamento hoje sobre o resultado das eleições. O objetivo é não ofuscar o momento de destaque da presidente eleita, Dilma Rousseff.

Até o momento, o candidato José Serra não fez pronunciamento. A etiqueta democrática diz que o candidato vencedor só fala após o adversário admitir a derrota.

José Serra ganha em Santo Antônio de Pádua

Com 100% apurados:

José Serra (PSDB): 56,68% votos 12.590
Dilma (PT): 43,32% votos 9.624


Abstenção: 24,42% (7.734)

José Serra ganha com quase 70% em São Fidélis

Com 100% apurados:


José Serra (PSDB): 68,84% votos 13.877
Dilma (PT): 31,16%votos 6.281


Abstenção: 27,9% (8.289)

José Serra ganha em São Francisco do Itabapoana

Com 100% apurados:

Presidente
José Serra (PSDB):  62,43% votos 13.693
Dilma (PT): 37,57% votos 8.242

Abstenção: 32,34% (11.153)




Com 97% apurados, Dilma tem 55,80%

DILMA 54.108.950 (55,80%)
JOSÉ SERRA 42.865.191 (44,20%)

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 387.774 (96,94%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 132.173.289 (97,33%)
Abstenção: 28.213.780 (21,35%)
Comparecimento: 103.959.509 (78,65%)
  
Votos: 103.959.509
Brancos: 2.412.957 (2,32%)
Nulos: 4.572.411 (4,40%)
Válidos: 96.974.141 (93,28%)

Dilma ganha com folga, mas oposição vence em 10 estados e no DF

A presidente eleita Dilma Roussef bateu seu adversário José Serra em 15 estados, entre eles todos os da região Nordeste. Ela ganhou nos estados do Amazonas, Pará, Amapá, Tocantins, Paraíba, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Sergipe, Alagoas, Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro


Serra levou a melhor em 10 estados e no Distrito Federal. O tucano venceu nos estados de Roraima, Acre, Rondônia, Mato Grosso, DF, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O candidato ganhou, portanto, em todos os estados do Sul.

Este resultado mostra que, embora inquestionável e dentro da expectativa dos institutos de pesquisa, com diferença em torno de 11% a 12% no resultado global, não se pode considerar que a oposição ao governo Lula saiu completamente derrotada nesta eleição, especialmente em um cenário de mais de 80% de aprovação do Presidente.

Presidente do TSE oficializa vitória de Dilma

Da Assessoria do TSE

Às 20h14 deste domingo (31), com 92,23% das urnas totalizadas, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, acaba de anunciar à imprensa que a candidata Dilma Rousseff (PT) está matematicamente eleita presidente do Brasil. De acordo com Lewandowski, com 55,39% dos votos válidos, Dilma não pode mais ser ultrapassada pelo candidato do PSDB, José Serra, que estava com 44,61%. De acordo com o presidente, o boletim com este resultado foi gerado às 20h04.

Perfil

A economista Dilma Vana Rousseff nasceu em Belo Horizonte (MG) em 14 de dezembro de 1947, filha do imigrante búlgaro, naturalizado brasileiro, Pedro Rousseff e da professora Dilma Jane da Silva. Na juventude, participou de movimentos estudantis em Belo Horizonte e depois passou a integrar movimentos de luta armada.

Sua vida partidária começou pelo PDT, legenda da qual foi uma das fundadoras e pertenceu até 2001, quando saiu para se filiar ao PT. No Rio Grande do Sul foi secretária municipal de Fazenda de Porto Alegre na gestão de Alceu Collares (PDT) e de secretária estadual de Minas e Energia nos governos de Alceu Collares e Olívio Dutra (PT).

Candidata do PT à presidência da República é apoiada pela coligação “Para o Brasil Seguir Mudando”, que é integrada pelos partidos PRB / PDT / PT / PMDB / PTN / PSC / PR / PTC / PSB / PC do B. Antes de assumir sua candidatura, Dilma Rousseff teve que deixar o cargo de  ministra-chefe da Casa Civil do governo Lula para disputar a presidência da República, por exigência da legislação. Também foi ministra de Minas e Energia no governo Lula.

Com 95% apurados, Dilma tem 55,65%

DILMA 52.939.752 (55,65%)
JOSÉ SERRA 42.192.997 (44,35%)

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 379.414 (94,85%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 129.558.436 (95,40%)
Abstenção: 27.561.063 (21,27%)
Comparecimento: 101.997.373 (78,73%)
  
Votos: 101.997.373
Brancos: 2.377.652 (2,33%)
Nulos: 4.486.972 (4,40%)
Válidos: 95.132.749 (93,27%)

Perfil em vídeo da primeira Presidente do Brasil

Com 94% apurados, Dilma tem 55,49%

DILMA 52.050.240 (55,49%)
JOSÉ SERRA 41.751.513 (44,51%)

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 373.355 (93,34%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 127.665.912 (94,01%)
Abstenção: 27.083.706 (21,21%)
Comparecimento: 100.582.206 (78,79%)
  
Votos: 100.582.206
Brancos: 2.351.740 (2,34%)
Nulos: 4.428.713 (4,40%)
Válidos: 93.801.753 (93,26%)

José Serra ganha em Bom Jesus

Com 100% apurados:

José Serra (PSDB): 56,27% votos 11.270
Dilma (PT): 43,73% votos 8.759

Abstenção: 22,56% (6.211)

Dilma ganha em Rio das Ostras

Com 100% apurados:

Presidente
Dilma (PT): 53,19% votos 22.113
José Serra (PSDB): 46,81% votos 19.463

Abstenção: 26,53% (16.620)

Com 92 apurados, Dilma tem 55,31%

DILMA 50.840.727 (55,31%)
JOSÉ SERRA 41.081.368 (44,69%)

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 365.150 (91,29%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 125.025.745 (92,06%)
Abstenção: 26.451.481 (21,16%)
Comparecimento: 98.574.264 (78,84%)
  
Votos: 98.574.264
Brancos: 2.311.989 (2,35%)
Nulos: 4.340.180 (4,40%)
Válidos: 91.922.095 (93,25%)

José Serra ganha em Cabo Frio

Abstenção: 24,72% (31.379)

Presidente
José Serra (PSDB): 56,9% votos 49.667
Dilma (PT): 43,1% votos 37.615

Dilma ganha em Miracema com exatos 8 mil votos

Abstenção: 27,02% (5.921)

Presidente
Dilma (PT): 54,23% votos 8.000
José Serra (PSDB): 45,77% votos 6.752


Dilma ganha em Quissamã

Abstenção: 18,64% (2.696)

Presidente
Dilma (PT): 53,72% votos 5.897
José Serra (PSDB): 46,28% votos 5.080


Dilma ganhou em Macaé

Com 100% apurados:

Abstenção: 25,39% (33.945)

Presidente
Dilma (PT): 62,07% votos 55.952
José Serra (PSDB): 37,93% votos 34.195


Com 85% apurados, Dilma está com 54,67%

DILMA 46.887.636 (54,67%)
JOSÉ SERRA 38.870.075 (45,33%)

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 339.263 (84,82%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 116.472.570 (85,76%)
Abstenção: 24.485.866 (21,02%)
Comparecimento: 91.986.704 (78,98%)
  
Votos: 91.986.704
Brancos: 2.172.646 (2,36%)
Nulos: 4.056.347 (4,41%)
Válidos: 85.757.711 (93,23%)



Dilma ganhou em Cardoso Moreira

Com 100% dos votos apurados:

Abstenção: 25,62% (2.744)

Presidente
Dilma (PT):  52,85% votos 3.951
José Serra (PSDB): 47,15% votos 3.525

José Serra ganhou em Itaperuna

Com 100% apurados:

Abstenção: 24,67% (18.131)

Presidente
José Serra (PSDB): 56,9% votos 29.458
Dilma (PT): 43,1% votos 22.317

José Serra ganhou em São João da Barra

Com 100% dos votos apurados:

votos apurados 100% (27.652)
Abstenção: 19,3% (5.337)

Presidente
José Serra (PSDB):  57,84% votos 12.045
Dilma (PT):  42,16% votos 8.781


Fonte: TSE

Com 81% apurados, Dilma tem 54,22%

DILMA 44.299.685 (54,22%)
JOSÉ SERRA 37.403.361 (45,78%)


Seções: 400.001
Seções Apuradas: 322.621 (80,66%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 110.853.435 (81,63%)
Abstenção: 23.202.568 (20,93%)
Comparecimento: 87.650.867 (79,07%)
  
Votos: 87.650.867
Brancos: 2.077.252 (2,37%)
Nulos: 3.870.569 (4,42%)
Válidos: 81.703.046 (93,21%)

José Serra ganhou em Campos

Com 100% dos votos apurados em Campos:
José Serra (PSDB):  52,85%votos (124.141)
Dilma (PT):  47,15%votos (110.731)

Votos válidos:  234.872
Nulos: 14.755
Abstenções: 76.279 (22,8%)
Brancos: 8.581
Total de eleitores: 334.487

Fonte: UOL/TSE

Com 76% apurados, Dilma está com 53,56%

DILMA 41.266.129 (53,56%)
JOSÉ SERRA 35.774.654 (46,44%)

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 303.361 (75,84%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 104.413.383 (76,89%)
Abstenção: 21.749.016 (20,83%)
Comparecimento: 82.664.367 (79,17%)
  
Votos: 82.664.367
Brancos: 1.966.259 (2,38%)
Nulos: 3.657.325 (4,42%)
Válidos: 77.040.783 (93,20%)


Com 74% apurados, Dilma fica em 53,21%

DILMA 39.498.105 (53,21%)
JOSÉ SERRA 34.739.271 (46,79%)


Seções: 400.001
Seções Apuradas: 292.025 (73,01%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 100.563.799 (74,05%)
Abstenção: 20.895.716 (20,78%)
Comparecimento: 79.668.083 (79,22%)
  
Votos: 79.668.083
Brancos: 1.899.685 (2,38%)
Nulos: 3.531.022 (4,43%)
Válidos: 74.237.376 (93,18%)

Primeiros números oficiais

DILMA:  38.942.560 (53,16%)
JOSÉ SERRA: 34.318.516 (46,84%)

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 288.349 (72,09%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 99.237.817 (73,07%)
Abstenção: 20.621.871 (20,78%)
Comparecimento: 78.615.946 (79,22%)
  
Votos: 78.615.946
Brancos: 1.872.361 (2,38%)
Nulos: 3.482.509 (4,43%)
Válidos: 73.261.076 (93,19%)

[Quadro: TSE]

Mais de 70% dos votos já foram apurados em todo o País

Seções: 400.001
Seções Apuradas: 280.572 (70,14%)
  
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 96.695.929 (71,20%)
Abstenção: 20.041.588 (20,73%)
Comparecimento: 76.654.341 (79,27%)
  
Votos: 76.654.341
Brancos: 1.831.599 (2,39%)
Nulos: 3.401.974 (4,44%)
Válidos: 71.420.768 (93,17%)

Primeira parcial com 52% a 47%

Dilma: 52,17%
Serra: 47,83%

Fonte: Band

TSE mostra mais de 60% apurados em todo o País

Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 83.206.851 (61,27%)
Abstenção: 17.092.842 (20,54%)
Seções: 400.001
Seções Apuradas: 241.173 (60,29%)
Eleitorado: 135.804.433
Apurado: 83.206.851 (61,27%)
Abstenção: 17.092.842 (20,54%)
Comparecimento: 66.114.009 (79,46%)
  
Votos: 66.114.009
Brancos: 1.594.364 (2,41%)
Nulos: 2.946.778 (4,46%)
Válidos: 61.572.867 (93,13%)

53% dos votos para a Presidência já foram apurados

De acordo com a Band, 53% dos votos para a Presidência da República já foram apurados. A divulgação só será autorizada, no entanto, daqui a pouco, às 19h.

Boca de urna indica vitória de Dilma por 57% a 43%

Antes do horário autorizado pela Justiça Eleitoral, o portal UOL informa aqui que a pesquisa de boca de urna IBOPE, que será divulgada oficialmente às 19h (horário de Brasília), prevê 57% dos votos válidos para Dilma e 43% para Serra.

O Portal, nesta tarde, foi notificado pelo TSE a retirar divulgação do resultado das eleições brasileiras na China antes do horário, como informado aqui pelo Tribunal.

Para Lula, população soube o que era "informação" e o que era "politicagem"

Vinicius Konchinski / Da Agência Brasil

São Bernardo do Campo – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje (31) estar em uma situação confortável para deixar o cargo. A dois meses de repassar a Presidência ao novo eleito, ele afirmou que a alternância no poder é importante para a democracia e que acredita ter feito um bom trabalho no Executivo.

“Quando eu entrei, sabia que ia sair. O importante é isso: que você tenha um momento para entrar e para sair.”, afirmou o presidente, em entrevista coletiva concedida logo após votar em São Bernardo do Campo, região do ABC Paulista. “Isso é importante para a democracia.”

Lula afirmou que as pesquisas de avaliação do seu mandato apontam que ele cometeu mais acertos do que erros. Disse também que qualquer presidente do país gostaria de deixar o cargo com a aprovação que ele alcançou nas últimas pesquisas. “Acho que todos os presidentes deste país gostariam de viver um momento como este.”

Para a presidente, parte do sucesso de seu governo se deve à confiança que o povo brasileiro depositou nele. “Eu vou sair muito bem. E devo isso à maturidade do povo brasileiro, que soube distinguir o que era informação, o que era má-fé e o que era politicagem.”

Vamos ficar de olho nos votos da 98ª Zona

Um micro laboratório para verificar a transferência de votos da candidata Marina Silva poderá ser a 98ª Zona Eleitoral, na região central de Campos, onde a presidenciável venceu no primeiro turno. Como informou o Marcelo Bessa aqui, ela obteve nesta Zona 13.873 votos (36,54%), contra 11.836 (31,17%) de José Serra e 11.692 (30,79%) de Dilma Rousseff, em 37.968 votos válidos.

Na 98ª Zona Eleitoral, 9.795 (18,58%) eleitores se abstiveram no primeiro turno, próximo da média nacional de 19%.

Divulgação dos resultados só começa depois das 19h

O TSE informa aqui que, em razão da diferença de uma hora a menos no fuso horário em seis estados da Região Norte do País, além do horário de verão, a divulgação dos resultados eleitorais só acontecerá após  às 19h, no horário de Brasília.

Este também é o horário a partir do qual será permitida a divulgação de resultados de pesquisas de boca de urna.

Com a votação e a apuração na maior parte do país consolidada até 19h, aguardando apenas a contabilização dos votos dos estados do Norte, o cenário deverá estar bem definido já nas primeiras divulgações de resultados.

É HOJE!

sábado, outubro 30, 2010

Missa hoje em memória de Luizz Ribeiro

O bravo Gustavo Rangel avisa aqui que hoje, 18h, haverá missa de 7º Dia em memória do músico Luizz Ribeiro, no Convento.

sexta-feira, outubro 29, 2010

Serra consegue direito de resposta em twitter do coordenador de campanha de Dilma

Ministros do TSE acabam de conceder direito de resposta da campanha de José Serra no twitter do coordenador de campanha de Dilma Rousseff, Rui Goethe.

Ministros admitem relatividade da eficácia da resposta, mas ponderaram acerca da necessidade de não se omitir em relação à propaganda na internet.

Esta é a primeira vez que um direito de resposta é concedido no twitter.

Ministros do TSE discutem direito de resposta no twitter

Ministros do TSE discutem neste momento se concedem ou não direito de resposta da campanha do candidato José Serra no twitter do coordenador de campanha de Dilma Rousseff, Rui Goethe. Principal dificuldade: os ministros não entendem o funcionamento da ferramenta.

O ministro relator, Henrique Neves, indica a concessão do Direito de Resposta. Demais ministros ainda discutem. Não sabem, por exemplo, eficácia de uma resposta que será rapidamente suplantada por outras postagens. O ministro relator chegou a considerar a hipótese de determinar a resposta no campo de informações biográficas de Goethe.

Preocupação da ministra Carmem Lúcia: "São milhares de twiteiros. Não faremos outra coisa".

Deu no Comunique-se: caderno sobre Marx causa demissão de editor

Do Portal Comunique-se:

Editor do Diário do Nordeste é demitido por publicar caderno sobre Marxismo


Izabela Vasconcelos

O jornalista Dalwton Moura, editor do jornal cearense Diário do Nordeste, foi demitido na última semana, após publicar um caderno especial sobre as revoluções marxistas. O caderno, publicado no dia 17/10, trazia seis páginas com uma entrevista do sociólogo e filósofo Michael Löwi e artigos de Adelaide Gonçalves e José Arbex Jr. O jornalista foi pautado pela direção do veículo, mas após a publicação, o jornal considerou o caderno "panfletário" e "subversivo", além de "inoportuno ao momento atual".

O caderno foi encomendado porque Michael Löwi estaria em Fortaleza para lançar o livro Revoluções. A reportagem foi pautada pelo editor-chefe do jornal, Ildefonso Rodrigues, e sugerida pela historiadora e professora Adelaide Gonçalves, da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Ao comunicar a demissão de Moura, o editor-chefe afirmou que “não sabia o conteúdo da reportagem até vê-la publicada”. Segundo o jornalista, que trabalhava há quase nove anos no veículo, o editor informou que o caderno gerou problemas para a direção do jornal. “Disseram que gerou problemas, que não teria sido bem recebido pela direção da empresa”, contou Moura.

O editor disse que “jamais imaginou” que poderia ser demitido dessa forma, e que a demissão abre espaço para várias interpretações. “Jamais imaginei que poderia gerar isso. O caso é complexo e dá margem para várias leituras”. De acordo com Moura, nem ele, nem a repórter Síria Mapurunga, que fizeram a entrevista com o filósofo, emitiram opinião. A entrevista destacava no título a declaração de Löwi: “O marxismo tem de evoluir para uma maior radicalização”.

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará questionou a demissão e criticou o fato de a grande imprensa contestar a criação do Conselho de Comunicação no Estado, mas permitir que demissões como a de Moura aconteçam.

“A demissão do então editor do 'Caderno 3' expõe o abismo entre o discurso da grande mídia conservadora, que se diz ameaçada em sua liberdade de expressão - inclusive atacando com este falso argumento o projeto do Conselho de Comunicação do Estado -, e suas práticas cotidianas, restritivas ao exercício profissional dos jornalistas, bem como à livre opinião de colaboradores e leitores”, diz a nota divulgada pelo sindicato.

Procurado pela reportagem, o editor-chefe do Diário do Nordeste informou que todos os esclarecimentos do caso já foram prestados a Moura.

Comunique-se - Atualizada em 28/10/10

Lançamento de livro sobre Jongo hoje em Campos

A brava Carolina Abreu manda avisar que hoje, 19h, tem lançamento do livro "O Som do Tambor", de Geneci Maria da Penha, no Museu Olavo Cardoso. A autora, que é jongueira, narra histórias de tradicionais jongueiros da região e da comunidade. Haverá, claro, roda de jongo. O Museu fica na Rua 7 de Setembro, número 200, no cruzamento com a Rua do Gás.

Somos 438.738 almas neste purgatório


O IBGE, que já fechou a coleta de dados do Censo 2010, diz que Campos conta com 438.738 habitantes, número superior aos 434.008 estimados, residentes em 134.274 domicílios. Não foi desta vez que atingimos a lendária marca de 500 mil habitantes.

[Gráfico: IBGE]

Goytacaz promove sorteio para pagar dívidas de água e luz

A coleguinha Patrícia Bueno pede para divulgar e a gente atende prontamente, rapidamente e velozmente:

Participe da Promoção Gigante Alvi-Anil, concorra a uma bicicleta e ajude o Goytacaz


O Goytacaz está vivendo uma nova fase. Desde que assumiu a nova diretoria, o clube vem se reestruturando e os resultados em campo já começaram a aparecer.
 É hora do torcedor fazer o seu papel e fazer sua parte neste renascimento do Gigante Alvi-Anil!

Compre seu bilhete da promoção por apenas R$5,00 e concorra a uma bicicleta. Toda a arrecadação será revertida para o pagamento de parcela da dívida do Goytacaz com as concessionárias de fornecimento de água e energia elétrica. Os bilhetes estão à venda na secretaria do clube, a Rua do Gás, e na Banca do Coliseu, no Centro de Campos.

Confira o regulamento completo da promoção - clique aqui.

quinta-feira, outubro 28, 2010

Política e Religião não se discute

Nunca antes na história desse país, os discursos com conteúdo religioso foram tão presentes em uma eleição para presidente. Graças a ignorância e a velocidade da internet, os candidatos foram obrigados a realizar verdadeiras profissões de fé para conseguir alguns votos e reverter boatos  lastimáveis. Esta eleição transformou evangélicos sensatos em fanáticos religiosos e deu voz a falsos moralistas que agora abominam tudo o que é imoral, ilegal ou engorda.
Em 1989, era comum ouvir nas rodas do Boulevard , em Campos, bate papos sobre "Lula comunista" ou o cara que queria transformar o Brasil em Cuba. Hoje, a petista Dilma Rousseff tem de se explicar várias vezes sobre sua opinião sobre o aborto, fazer reuniões com líderes religiosos e assinar cartas de compromisso para evangélicos e católicos. José Serra, que se valeu da disseminação da boataria, peregrina por todas as igrejas, lê a Bíblia no horário eleitoral e colocou uma citação bíblica no seu santinho de campanha.
Tudo começou porque alguém - na internet - disse que Dilma era o capeta de saia. Era a favor do aborto, era sapatão e que ia legalizar de vez o casamento homossexual. Só faltou dizer que Dilma fumava e ia legalizar a maconha. Bastou uma brasa para que as bancadas de políticos evangélicos, todos ligados ao PSDB, transformassem tudo em um incêndio. Em uma movimentação jamais vista, e numa aliança histórica, católicos e protestantes estavam unindo forças, sem saber porquê, e sem saber por quem. Assim como árabes suicidas, se atiraram como homens bomba numa guerra santa, lutando pela moral e pelos bons costumes e por um Brasil melhor e mais santo. Dilma era o demônio encarnado, a personificação de Satã e Marina, a santa redentora. Como Marina não teve chance, agora Serra é o santo redentor da vez, o cavaleiro andante que vai impedir satanás de tomar o Brasil.
Vídeos como os de Silas Malafaia e Paschoal Piragini Júnior foram acessados por milhões de internautas e ainda foram exibidos em igrejas. Inicialmente, o tema tinha se limitado a uma carta intitulada “Apelo a Todos os Brasileiros e Brasileiras”, divulgada pela CNBB e que pedia para não se votar em candidatos do PT por ser a favor da “descriminalização do aborto”. Para os petistas, o estrago foi grande. Pesquisas apontaram que 25% dos eleitores que desistiram de votar em Dilma no primeiro turno apontaram razões religiosas.
A queda entre os evangélicos perdurou no segundo turno: é o único segmento religioso em que José Serra vence segundo o instituto de pesquisa. A petista vence entre católicos, espíritas e os que não têm religião. A mudança é explicada em parte porque o público majoritário das igrejas evangélicas tem o mesmo perfil dos eleitorais que mais tardam a definir seu voto: as mulheres de baixa renda. Em geral, o único espaço público de debate frequentado por essa parte do eleitorado é o templo, por isso a palavra do pastor ganha força.
Por isso os discursos do segundo turno são baseados em pelo menos três premissas: “a família brasileira” (em referência ao casamento gay), “respeito à vida” (contra o aborto) e liberdade de religião (não criminalizar os religiosos contrários à homossexualidade).
A onda de conservadorismo que tomou o país hoje, poderia muito bem ter aparecido em eleições anteriores, como as vencidas por Fernando Henrique Cardoso, e Fernando Collor de Melo. Nesse debate sem sentido e muito pouco produtivo, estão esquecendo de questões cruciais que os candidatos nem tem tempo de externar, pois são obrigados a responder acusações de fanáticos religiosos e militantes travestidos de puritanos. A maioria, os fiéis usados para distribuir santinhos em nome de Deus, ainda não se deram conta de que se transformaram em massa de manobra de políticos interessados em lucrar com a volta do PSDB.

Globoesporte.com com uma ótima matéria sobre o Goytacaz

O globoesporte.com publicou essa semana uma ótima matéria com o Goytacaz, o Alvi-Anil Campista. Na matéria, foi destacado a loucura (e o sofrimento), da torcida do goyta na cidade. Entre os depoimentos, está o do torcedor "folclórico", Pisa na Barata, que propôs uma aposta interessante. Acho que vou juntar uns amigos e ganhar um carro 0 Km....


Se você tem sangue azul e gosta de sofrer, clique aqui.

quarta-feira, outubro 27, 2010

Confira a programação completa da 6ª Bienal do Livro de Campos

Clique no banner aí ao lado para conferir a programação completa da 6ª Bienal do Livro de Campos, que começa no próximo dia 5. Uma primeira olhada rápida mostra uma boa integração entre convidados de fora da cidade com vozes locais. O local, a Praça São Salvador, também parece ter sido uma escolha acertada. Vamos conferir.

Quissamã divulga programação do "Mês da Cultura"

Da Ascom da PMQ

Em virtude das comemorações do Dia Nacional da Cultura (5 de novembro), a Fundação Municipal de Cultura e Lazer de Quissamã vai realizar diversas apresentações culturais durante todo o mês de novembro.

Abrindo as comemorações no dia 4 (quinta-feira), o Grupo de Teatro do Sobradinho vai encenar a peça “A História de Pandolfo Bereba”, baseada no livro homônimo de Eva Furnari, a partir das 19h30 no Centro Cultural Sobradinho.
Na sexta-feira, dia 5 (Dia da Cultura), vai acontecer mais uma edição do Palco Sobradinho, com tributo a Noel Rosa e Adoniram Barbosa. Dessa vez quem sobe ao palco é o Grupo de Sanfoneiros de Quissamã e o grupo de canto coral da professora Iara Paula. O evento está previsto para começar às 19h e deve contar com a interpretação de 14 canções de dois dos compositores e intérpretes mais conhecidos da música popular brasileira.

E no dia 19 (sexta-feira), às 19h, para comemorar também o Dia da Consciência Negra (dia 20 de novembro), a Fundação vai promover uma apresentação musical com piano, voz e violão no Complexo Cultural Fazenda Machadinha. O artista Joel Bezerra vai interpretar clássicos de Pixinguinha, Milton Nascimento e Cartola.

[Fachada do Centro Cultural Sobradinho - Foto: Genilson Pessanha/Ascom PMQ]

Mais Zombie Walk: veja registro da chegada ao Sesc
















[Zumbis posam para foto em frente ao Sesc Campos, na noite do último dia 21, antes de voltarem para seus túmulos - Foto: Fotógrafo Morto-Vivo]

Fobias jornalísticas, segundo Duda Rangel

Do ótimo Desilusões Perdidas, aqui.
Fobias jornalísticas

Juliana morre de medo de não conseguir apurar a matéria até o deadline, de escrever um texto sem graça, de tomar furo.

Mirela fica toda nervosa só de pensar que a pressão do jornalismo diário pode atacar sua gastrite nervosa.

Eugênio tem um receio danado de abrir a boca na coletiva e soltar uma pergunta idiota.

Helena tem paúra crônica de um apagão de memória toda vez que vai fazer uma entrada ao vivo na TV.

Carlão sua frio quando imagina envelhecer na redação fazendo sempre a mesma coisa.

Bia tem pavor de sair de licença-maternidade e ser trocada por uma repórter mais jovem.

Henrique tem taquicardia ao olhar o saldo de sua conta bancária bem antes do fim do mês.

A foca entra em pânico por não arrumar emprego e ser apenas uma estatística negativa.

Marcos fica preocupado de, no empurra-empurra de repórteres atrás do entrevistado, alguém passar a mão na sua bunda.

Celinha fica preocupada de, no empurra-empurra de repórteres atrás do entrevistado, alguém não passar a mão na sua bunda.

Sérgio tem um cagaço de chegar em casa na madrugada e encontrar sapatos dois números maiores ao lado de sua cama.

Uma discussão ideológica na Mercearia

terça-feira, outubro 26, 2010

Veja como foi o Zombie Walk em Campos



Morre em São Paulo o senador Romeu Tuma

Ex-diretor do Dops, entre 1977 e 1982, morre em São Paulo o senador Romeu Tuma (PTB), aos 79 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês e foi vítima de falência múltipla de órgãos. Mais aqui.


[Foto: Agência Senado]

Parem as máquinas: morreu o polvo Paul

Os portais noticiam hoje a morte do polvo Paul. Astuto e cheio de poderes especiais, deve ter escolhido se mandar antes de ser convidado a prever o resultado das eleições presidenciais no Brasil.

“As Bicicletas de Belleville” nesta quarta na FMC

Da Assessoria da Fundação Benedito Pereira Nunes

O projeto “Cinema: uma interlocução com a saúde”, da Faculdade de Medicina de Campos exibe nesta quarta-feira, 27, às 18h, no anfiteatro Jair Araujo Junior, o clássico da animação “As Bicicletas de Belleville” (França, 2003).

Com direção de Sylvain Chomet, e participação de Michèle Caucheteux, Jean-Claude Donda, Michael Robin, Monica Viegas no elenco, o filme conta a história de Champion, um menino solitário, que só sente alegria quando está em cima de uma bicicleta. Percebendo a aptidão do garoto, sua avó começa a incentivar seu treinamento, para fazê-lo um verdadeiro campeão e poder participar da Volta da França, principal competição ciclística do país. Porém, durante a disputa, Champion é sequestrado. Sua avó e seu cachorro Bruno partem então em sua busca, indo parar em uma megalópole localizada além do oceano e chamada Belleville.

A exibição de filmes na FMC, seguida de debates, acontece sempre na última quarta-feira do mês. A entrada é franca e aberta a toda a comunidade.

domingo, outubro 24, 2010

Escritor lembra "aquela guitarra especial" de Luizz Ribeiro




Um abraço, brother

Por Márcio Aquino

Estou escrevendo esse texto ainda sob o impacto da morte de Luizz Ribeiro, um grande guitarrista, e um dos pioneiros do rock em Campos. Acompanho seu trabalho desde que era adolescente, ainda nos tempos da banda Lúcia Lúcifer. Era uma época de raras bandas de rock na cidade, e raros shows. O primeiro show de uma banda local que assisti foi da Lúcia Lúcifer. Eu tinha 16 anos, e já naquela época aquele jovem guitarrista me chamava a atenção. Depois daquela primeiro show assisti a muitos outros, com suas diferentes formações. Seu amor pela música que fazia e executava era visível.

Os Avyadores do Brazyl, sua última banda já tocou em todos os espaços da cidade, muitas vezes sem cachê, só pelo prazer de tocar, de fazer sua guitarra falar por ele, de fazer seu público vibrar, sua música tomar o ambiente, e sair do palco sabendo que fez mais um grande show. Virei fã, e depois amigo. Talvez eu tenha sido a pessoa que mais shows de sua banda assistiu. Foram inúmeros, e as lembranças são muitas. Aquela guitarra era bem especial pra mim, e é triste saber que jamais irei ouvi-la ao vivo, como tantas vezes nesses últimos anos.

Um câncer diagnosticado no ano passado o tirou do palco durantes longos meses, mas a música foi mais forte, e ele e sua banda ainda tocaram por diversas vezes, com a mesma garra. Por conta de sua doença, em julho do ano passado foi prestado um belo tributo ao nosso guitarrista pioneiro, num grande show com várias bandas. Foi a maior homenagem que um músico da terra recebeu em vida, fato mais que merecido. Meses depois de receber aquela homenagem Luizz ainda voltaria a tocar, e fez vários shows, o último no mês passado, em Rio das Ostras.

Quando escrevi meu primeiro romance, Chicletes & Prazer, que será lançado no mês que vem na Bienal do Livro de Campos, um dos personagens, o fantástico guitarrista Black Louis, foi inspirado nele, e por isso mesmo iria propor à organização do evento que os Avyadores tocassem no lançamento, mas ele partiu antes. Então fica aqui minha homenagem, com um trecho do livro, em que escrevi imaginando Luizz no palco:

“Black Louis naquela noite estava endiabrado. Sua guitarra só faltava falar em suas mãos. O baixo e a bateria também eram precisos e não deixaram em nenhum momento a peteca cair. A introdução de Hey Joe, de Hendrix, fez a plateia delirar, já imaginando a performance avassaladora que viria a seguir.”

Vai faltar você nos palcos. Um abraço, brother.

[Publicado originalmente aqui]

Comandante Luizz Ribeiro se despede

Li aqui no Sociedade Blog a triste notícia de que o músico Luizz Ribeiro, líder da Avyadores, morreu neste sábado, 23, vítima de câncer. O sepultamento será neste domingo, no Cemitério Campo da Paz. Aguardamos confirmação do horário.

sexta-feira, outubro 22, 2010

Seria a blogosfera "o lado negro da força"?

"[...] Além disso, descobriu-se que a chamada Blogosfera era uma casa mal-assombrada, habitada por blogs fantasmas. Dos 133 milhões de blogs monitorados pela Technorati, 95% deles não são sequer atualizados há mais de três meses.

Porém, o mais grave é que o lado negro da força começou a tomar conta da Blogosfera. A esperada verdade universal não surgiu através delas. Ao contrário, boa parte dos blogs foi colocada a serviço da desinformação, da boataria, das notícias inventadas e, o pior, da difamação pura e simples.

Tudo isto causou uma mudança no comportamento dos usuários da Internet. Ao invés de buscar informações de qualquer fonte, os usuários passaram a buscar as fontes que tenham informação de qualidade. A buscar fontes confiáveis e credenciadas. E, curiosamente, a grande revolução acabou encontrando estas credenciais na mídia tradicional e, principalmente, nos sites dos jornais.

Hoje, cerca de 95% de todas as informações que circulam na Internet são originadas de sites de mídias tradicionais, assim como 99% das histórias contidas nos blogs. Mais de 80% dos links de todos os blogs apontam para sites de jornais. As redes sociais (Facebook, Orkut, Twitter) têm metade dos seus links direcionados aos sites dos jornais nos EUA (número certamente bem maior no Brasil).

Dos sites brasileiros mais acessados, o primeiro é o UOL, ligado ao jornal "Folha de São Paulo", e o segundo é o Globo.com, do jornal "O Globo"."

Por Aurélio Paiva, aqui.

Só dá espírito de porco...

Saiba porque votar em José Serra. Confesso que balancei...

Encenações eleitorais

Bolinha de papel, rolo de fita adesiva e até flash back de bandeirada no falecido Covas. Rojas, pelo menos, tinha um rojão para dar um clima dramático.

O mais engraçado são as entrevistas sérias. O médico, solene, informa os procedimentos. O perito mostra o rolo de fita como se tivesse identificado o lançamento de uma granada.

A Dilma de sombrinha, ao menos, ficou mais elegante.

quinta-feira, outubro 21, 2010

Jornalista goiano denuncia censura e pede demissão no ar



Caso aconteceu em um telejornal regional de Goiás, ontem. O jornalista Paulo Beringhs, da Televisão Brasil Central, denunciou que entrevista com o candidato ao governo Marconi Perillo (PSDB) fora vetada pela emissora.

Zumbis tomam ruas de Campos hoje


Espécie de passeata dos horrores, o Zombie Walk acontece pela primeira vez no estado do Rio nesta tarde, em Campos, como não poderia deixar de ser. Cidade que abriga neste outubro a quarta edição do Outudo trash, entrou para o circuito do cinema alternativo graças aos esforços do produtor Wellington Cordeiro, do Sesc e de mais alguns zumbis abnegados.

A concentração acontece durante toda a tarde no Jardim São Benedito, onde haverá maquiadores para preparar os mortos-vivos. A saída pelas ruas do centro e da Pelinca está prevista para começar às 17h. Eles rumarão em direção ao Sesc Campos, onde, às 19h, acontece a primeira atividade da Outudo deste ano.

[Zombie Walk em Porto Alegre, em 2007 - Foto: Wikipédia]

Programação do Sesi Campos para Novembro

[Clique na imagem para ampliá-la]

quarta-feira, outubro 20, 2010

Mais sobre José Serra e o livro "Dez na àrea..."

Fez algum barulho mucufo, e aqui no Urgente!, a materinha que postei sobre José Serra e o livro "Dez na àrea, um na banheira e ninguém no gol". Tentei de todas as formas encontrar a matéria onde José Serra fala dos desenhitas e esculhamba o livro, ao invés de responsabilizar seus subordinados. Não encontrei. Os tucanos foram mais rápidos e apagaram a entrevista que o então governador José Serra deu para o SPTV. Infelizmente esbarrei nessa matéria, (no vídeo abaixo) onde a imprensa, num espetáculo de desinformação e com um texto preconceituoso, tenta destruir ainda mais a reputação da obra.
Parabéns José Serra, e parabéns a uma mídia que mostra cada vez mais, que não sabe como tratar os quadrinhos. Vocês fizeram um bom trabalho!
Quem estiver afim de saber mais sobre o assunto pode assitir a matéria e dar uma olhada na postagem sobre Serra e os quadrinhos mais abaixo (usa a barra de rolagem aí que você vai ver). Se ficar com raiva pode xingar à vontade! Eu to xingando até hoje!

O marketing de Serra e Dilma na prateleira da Mercearia



Mais sobre o programa e outros trechos no blog da Mercearia Campista.

terça-feira, outubro 19, 2010

Superporto do Açu: quem não tem o rabo verde que se cuide

Entre curiosos acerca dos hábitos do lagarto de rabo verde, espécie protegida no local, e impressionados com a profusão de dólares produzidos a cada dólar investido pela EBX no seu espalhar de X pelo mundo, blogueiros da região visitaram hoje pela manhã o Superporto do Açu, em São João da Barra (RJ), que tem previsão de funcionamento para o segundo semestre de 2012.

A cena árida que pede constante plano aberto da praia do Açu começa a dar lugar ao concreto, ao asfalto e às ferragens. Deslumbrante para quem gosta de “progresso”. Preocupante para quem vê a natureza se espremer entre contrapartidas, elevados sobre a areia (por onde passam os tais lagartos), marketing institucional e licenças ambientais transformadas em atrativos para mais investimentos.

Os brinquedos dos engenheiros no momento são os core-locs, peças de 12 toneladas de concreto que serão encaixadas para formar a parte de cima do quebra-mar que protegerá o porto, sobre as toneladas de pedras que são retiradas do Itaoca e armazenadas no “pulmão de pedras”. Serão 22 mil peças. Há aproximadamente sete mil feitas até o momento.

Mas há outros. Há a obra do minerioduto, que já está aparente em diversos pontos na areia branca do Açú. Há a unidade de processamento de minério, que chama atenção na paisagem. Há, por fim, a pista que chega a 2,9 km mar adentro, que levará aos dez berços de atracação de navios de grande porte, que necessitam de até 21 metros de profundidade — e onde bate um vento que parece que vai nos atirar na água revolta.

Tudo é grandioso, e não apenas pelo presente. O futuro anunciado também impressiona. Logo na chegada uma detalhada maquete, auxiliada por amplo adesivo de parede, mostra a previsão de investimentos para o complexo industrial, que terá siderúrgica, usina termoelétrica, cimenteiras, pólo metalmecânico, usinas de pelotização de minério, unidade de tratamento de petróleo, fábrica de carros, e o que mais vier.

Hoje mesmo, à tarde, visita o superporto uma delegação norte-americana, e sabe lá o que isso resultará. Antes, vieram os chineses, e os resultados conhecemos, com 200 alunos em oito turmas matriculadas em cursos de mandarim em São João da Barra.

Os trabalhadores parecem bem tratados e em segurança, embora um deles já tenha morrido na obra — uma “fatalidade”. De fato tudo é muito organizado e todos os cuidados parecem ser tomados. Vi operários com EPIs (Equipamento de Proteção Individual), mas não encontrei nenhum com um sorriso tão largo quanto o de Eike Batista.

Só achei estranho um guarda-corpo tão enferrujado e amarrado com arames em uma obra tão sofisticada e cercada de cuidados. Certamente é algo provisório.

Olhando tudo aquilo tem-se a noção do quanto o projeto do porto é mesmo irreversível. Para o bem ou para o mal, a região de fato mudará, e a projeção, que por algum tempo foi feita com espanto, agora é dita com naturalidade: a pequena São João da Barra saltará dos 30 mil habitantes para 250 mil em poucas décadas.
A quase mítica Cidade X, um condomínio-cartão-postal com preocupações ecológicas, deverá mesmo existir. Mas não se sabe onde e nem quando. O que se sabe é que será para poucos. O entorno é que precisa se cuidar. E a contrapartida da empresa tem sido investimentos em programas comunitários, que vão de alfabetização à melhoria logística para a atividade da pesca no município, mas não é difícil supor que, quando os 250 mil chegarem, isso não será suficiente.

A preocupação ambiental e as aparentes boas práticas empresariais, os milhares de empregos gerados e o incremento de toda uma cadeia de pequenos e médios negócios que se forma nas comunidades, são o lado bom da história. Resta saber o que está reservado para os que não têm o rabo verde. 


[ Clique nas imagens para ampliá-las. Do alto para baixo: vista da parte extrema do porto mar adentro; Core-locs de concreto fabricados no local, com 12 toneladas cada; Guarda corpo que não condiz com sofisticação da obra; Quebra mar, com ponte provisória, onde são carregadas as balsas que levam as pedras para o porto; Canal protegido entre os vários que, segundo a empresa, formam uma rede maior que a de Veneza; Vista do ponto de recepção dos visitantes - Fotos: Vitor Menezes]

Blogueiros visitam hoje Superporto do Açu


Em iniciativa inédita na região e ainda pouco comum no País, a LLX promove hoje uma visita de blogueiros de diferentes profissões às obras do Superporto do Açu, em São João da Barra (RJ). Um ônibus parte daqui a pouco, às 8h, do centro de Campos, em direção ao empreendimento. O urgente! está entre os blogs participantes.

Ação típica da política de portas abertas, comum nas assessorias de comunicação de grandes organizações, visitas como esta costumavam se restringir a jornalistas.

Esta é mais uma mostra da importância dos blogs, que já haviam sido incorporados às estratégias de divulgação profissionais, constando, por exemplo, dos maillings lists das assessorias.

[Obras do Superporto do Açu em setembro passado - Foto: Divulgação LLX]

segunda-feira, outubro 18, 2010

TSE suspende circulação de impresso da CUT pró-Dilma

Da Assessoria do TSE

O ministro Joelson Dias deferiu em parte o pedido de medida liminar apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela coligação “O Brasil pode mais” contra Dilma Rousseff, a coligação “Para o Brasil seguir mudando”, a Editora Gráfica Atitude Ltda., a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e seu presidente, Artur Henrique da Silva Santos.

Em síntese, a coligação “O Brasil pode mais”, que apoia a candidatura de José Serra, afirmava, que a CUT e outras entidades sindicais estariam patrocinando a produção de "farto material" impresso para promoção de Dilma Rousseff. Sustentava que as representadas também estariam fazendo campanha, na internet, em favor da candidata.

O pedido foi deferido, em parte, pelo ministro Joelson Dias, relator do processo. Segundo ele, o TSE tem precedentes no sentido de que a regra do artigo 24, inciso VI, da Lei 9504/97, dispõe que os sindicatos não podem contribuir direta ou indiretamente para a campanha de um candidato ou de um partido.


“No caso específico dos autos, a representante noticia e traz elementos que demonstram a divulgação, por entidade sindical, ou criada por sindicatos, de mensagens de conteúdo aparentemente eleitoral, em publicações que distribuem e também em seus sítios na Internet, o que, ao menos em tese, configuraria violação ao inciso VI do art. 24 da Lei nº 9.504/97”, ressaltou o relator.

[Íntegra aqui]

Semana de Ciência e Tecnologia com programação local

Da Ascom da Uenf

Com a coordenação da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários, a UENF abre nesta segunda, 18/10, as atividades filiadas à VII Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. UENF, IFF e UFF estão juntos na organização de uma série de eventos voltados para a popularização da ciência no Norte Fluminense, incluindo visitação de estudantes, debates, palestras e outras ações. O tema geral é 'Ciência para o desenvolvimento sustentável'.

A abertura está marcada para as 18h desta segunda, 18/10, no Centro de Convenções da UENF. Em seguida os professores Arthur Soffiati (UFF) e Hermano Tavares (reitor da UFABC) ministram a palestra 'Desenvolvimento sustentável'. Ao longo da Semana vão-se realizar paralelamente a II Mostra de Extensão IFF-UENF-UFF e a X Mostra de Pós-Graduação da Uenf. No conjunto, a programação é uma realização das três instituições públicas de ensino superior, com apoio da Faperj e do governo federal.

Veja aqui a programação completa.

[A Semana de Ciência e Tecnologia em 2009. Foto: Ascom Uenf]

Prefeito interino anuncia Bienal de 5 a 14 de novembro


Por Frânio Abreu / Da Secom PMCG

 A 6ª Bienal do Livro de Campos foi lançada nesta segunda-feira (18), pelo Prefeito [interino] Nelson Nahim, além de secretários e sociedade civil organizada ligada à cultura. O evento, promovido pela Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, acontece de 05 a 14 de novembro, na Praça São Salvador, local que será transformado em um gigantesco espaço cultural.

Serão cerca de 10 mil metros quadrados de área, por onde passarão mais de 100 convidados especiais, de Campos, do país e até do exterior. A 6ª Bienal do Livro faz um tributo a tradutora, romancista, escritora, jornalista e dramaturga brasileira, Rachel de Queiroz, que faria 100 anos de vida em novembro. E, também, homenagem ao poeta, crítico de arte, biógrafo, tradutor, memorialista e ensaísta brasileiro, José Ribamar Ferreira, o Ferreira Goular.

O Prefeito [interino] Nelson Nahim explicou que em cultura não se gasta, se investe, por isso, a necessidade de uma bienal do quilate da que será realizada em Campos, voltada para pessoas de todas as idades, desde crianças, jovens, até adultos. “Alguns temas eu fiz questão que tivessem sido incluídos, pela importância de se discuti-los, como por exemplo, ecologia, mídia alternativa, a própria língua portuguesa, livro digital, droga e violência, entre tantos outros”, anuncia o prefeito.

Na próxima semana começam a ser divulgados os nomes dos convidados que estarão em Campos para o evento. A programação, que inclui mesas redondas, palestras, contação de histórias, cine livro, entre outras, será espalhada por vários ambientes: café literário, botequim literário, leitura na caverna e espaço jovem. As atividades na 6ª Bienal do Livro começam todos os dias às 10h, prosseguindo até às 22h.

Fizeram parte da mesa de lançamento da bienal, além do Prefeito [interino] Nelson Nahim, o presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, Avelino Ferreira, a secretária de Educação, Joilza Rangel Abreu, o secretário de Cultura, Orávio de Campos Soares, a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Maria Luiza Schultz, e o diretor do Instituto de Ensino Superior, Nélio Artilles.

[Foto: César Ferreira / Sec. Cultura PMCG]

Candidatos passam raspando na avaliação do debate

Pesquisa qualitativa feita pelo Vox Populi, com metodologia de grupo focal e meramente indicativa (não representativa do eleitorado brasileiro, portanto), aponta que Serra foi ligeiramente melhor no debate de ontem, na Rede TV, do que Dilma. Os dois, no entanto, não passaram de uma nota 7,5 em uma escala de 0 a 10, na opinião dos 27 participantes. É o que mostra José Roberto de Toledo, no Estadão, aqui.

Pastor lança livro hoje na ACL

O pastor Ebenézer Soares Ferreira lança hoje, na Academia Campista de Letras, o livro “Cem anos de contribuição à educação e ao evangelismo no Brasil”. O evento acontece às 19h. A Academia fica no Jardim São Benedito.

domingo, outubro 17, 2010

Carta dos Jornalistas aos presidenciáveis

Carta aberta aos presidenciáveis

Os jornalistas brasileiros, legitimamente representados pela FENAJ e os seus 31 Sindicatos filiados, vêm a público reivindicar dos candidatos à Presidência da República que se comprometam com as bandeiras da democratização da comunicação e com a defesa do Jornalismo como bem público essencial à democracia, e dos jornalistas como categoria profissional responsável pela efetivação do direito da sociedade à informação.

Há no país uma ação permanente patrocinada pelos grandes grupos de comunicação para desqualificar o Jornalismo, confundindo propositadamente a produção de informação com entretenimento, ficção e mera opinião. Igualmente, a categoria dos jornalistas sofre ataques à sua constituição e organização.

Por isso, mais uma vez, os jornalistas brasileiros afirmam a defesa da regulamentação da profissão e conclamam a futura ou futuro presidente a apoiar a luta pela aprovação das Propostas de Emendas Constitucionais (PECs), em tramitação no Congresso Nacional, que restituem a exigência da formação de nível superior específica para o exercício do Jornalismo.

Nossa categoria entende que a luta pela regulamentação da profissão e pela democracia da comunicação é de interesse público. Baseada nesta compreensão, pede a continuidade da Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) como instância democrática e plural de discussão e deliberação das políticas públicas para o setor.

Afirmamos a necessidade de o governo brasileiro dar sequência às decisões da 1ª Confecom, destacando como prioridade a criação do Conselho Nacional de Comunicação como instância deliberativa, do Conselho Federal de Jornalistas (CFJ) e do Código de Ética do Jornalismo assim como a aprovação de uma nova e democrática Lei de Imprensa para o país.

Os jornalistas brasileiros têm a certeza de que o futuro ou futura presidente da República comprometer-se-á com a construção desse grande projeto nacional porque significa a defesa da Liberdade de Expressão e Imprensa e da democracia no Jornalismo, na Comunicação e no Brasil.

FENAJ - Federação Nacional dos Jornalistas
Brasília, 15 de outubro de 2010.

Marina Silva e PV declaram independência no segundo turno

Wanderley Preite Sobrinho / Do Portal R7, íntegra aqui.

Neste domingo (17), Marina Silva (PV) defendeu sua independência durante o segundo turno das eleições. Após votação de dirigentes, o partido também optou por não apoiar um dos dois candidatos que disputam a Presidência, Dilma Rousseff (PT) e José Serra.

Serra não gosta de quadrinhos...

O presidenciável José Serra, então Governador do Estado de São Paulo, foi protagonista de um dos episódios mais polêmicos da história dos quadrinhos no Brasil. O episódio colocou Serra contra os quadrinhos e hoje, contra ele, estão todos os quadrinistas. São Paulo é a casa das maiores editoras do Brasil e boa parte da produção nacional vem da Terra da Garoa, dos artitas que residem e trabalham por lá. O que posto aqui - e também pode ser encontrado no mucufo - é um mix de reportagens, matérias e artigos sobre o caso.
A história é simples e posso resumi-la em duas linhas: A Secretaria de Educação de SP adotou para crianças de nove anos o livro: "Dez na área, um na banheira e nenhum no gol". O problema é que o livro é direcionado a um público adulto, e Serra, ao saber disso, ao invés de atacar seus secretários, preferiu denegrir a obra e seus autores.
Serra não se preocupou em esclarecer a situação, foi mais fácil jogar a culpa sobre os quadrinistas do que assumir os erros de um técnico na área de educação que não conhece quadrinhos. O exemplares do livro foram distribuídos em 2002. Ao todo, 1216 exemplares chegaram às mãos de alunos do terceiro ano do ensino fundamental. A obra é uma reunião de 11 histórias em quadrinhos com o futebol como tema e prefaciado pelo ex-jogador Tostão. Publicado pela Via Lettera, o livro possui palavrões e alguma conotação sexual. Ou seja, a temática é adulta e o álbum não é indicado para crianças.
Era mais cômodo para o Governador colocar a culpa na publicação, ao invés de disparar a sua metralhadora contra o seu próprio governo. Na primeira oportunidade que teve, em entrevista ao programa SPTV, da Rede Globo, José Serra disse que achou o livro de "muito mau gosto" e que os responsáveis pelo encaminhamento do livro às escolas seriam punidos. Com autores como Caco Galhardo, Allan Sieber, Spacca, Fabio Zimbres, Lelis e os vencedores do Jabuti Fábio Moon e Gabriel Bá, o livro foi organizado pelo ilustrador Orlando, que, em comentário no Blog dos Quadrinhos, do jornalista Paulo Ramos, diz: "O '10 na área' é um álbum para adultos um pouco antes da copa de 2002. Todos os artistas tiveram absoluta liberdade de expressão, pautando e desenvolvendo suas histórias como bem entendessem e, a meu ver, nenhum deles decepcionou. Podemos discutir critérios de escolha nas compras do governo. No meu modo de ver houve um engano. Não deveriam ocorrer, mas acontecem. Há um erro grave no governador dizer que a obra é de mau gosto, quando deveria dizer que é inadequada para crianças de nove anos. Isso faz diferença enorme na conceituação da coisa. Uma pena".
Na ocasião, a Associação dos Cartunistas do Brasil manifestou repúdio à forma como a imprensa tratou o livro: "O que vemos é uma crucificação de um trabalho sério de artistas e da editora, muito bem conceituados e que podem ser sim distribuídos em universidades para o estudo do mundo do futebol e sua influência na cultura popular".Em artigo publicado no site Universo HQ, o jornalista Eduardo Nasi escreveu: "O problema não é o álbum. Óbvio que não. O problema, claro, é que alguma besta do governo indicou o livro para compra... Para se proteger, Serra jogou a culpa no lado mais fraco: a HQ. É uma atitude covarde. Mas recorrente em políticos acuados pelas barbaridades que fazem".
Na mídia, o que se viu foi um show de desinformação, principalmente na Rede Globo e na sacro santa Rede Record. Falou-se que "se tratava de uma apostila, que os autores eram depravados sexuais preocupados em perverter crianças". A maioria dos jornalistas não se deu ao trabalho de pesquisar do que se tratava.
No SPTV, a jornalista que entrevistava José Serra não perguntou a opinião dele sobre a qualidade do material nem pediu a ele uma análise estética, mas o governador fez questão de dizer: “Achei a obra um horror… tudo de muito mau gosto… o desenho, tudo”. O que provocou polêmica não foram os palavrões ou as cenas eróticas - que se resumem a um quadro no qual aparece uma mulher de lingerie, tipo as dançarinas do Faustão. O que provocou polêmica foi o fato de ser quadrinhos.

sexta-feira, outubro 15, 2010

Militância de Dilma finalmente acorda: plenária hoje nos Bancários

O salto alto do primeiro turno e o profissionalismo das campanhas vinha deixando muito militante petista em casa. A queda do salto e o susto das pesquisas nesta semana, no entanto, está acordando o pessoal. Pelo twitter e por blogs, militantes estão convidando simpatizantes da candidatura Dilma para plenária hoje, às 19h, no Sindicato dos Bancários, em Campos.

Teria Montenegro pedido desculpas cedo demais?

 Na Istoé 2129, de 1º de Setembro passado, o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, pediu desculpas por ter "previsto", em 2009, que o presidente Lula não faria o sucessor. Não contente em pedir desculpas, disse nesta nova entrevista de modo categórico: "... o Brasil já tem uma presidente. É Dilma Rousseff. Ela tem 80% de chances de resolver a eleição no primeiro turno. Mas, se não for eleita agora, será no segundo turno". Pesquisas nesta semana devem estar fazendo Montenegro pensar em um pedido de desculpas sobre as desculpas açodadas, para o caso de Serra ganhar.




Conheça o repórter-carrapato

Um curto e simpático vídeo do UOL mostra a vida do repórter-carrapato, que agarra em um candidato durante toda a campanha para que o público tenha notícias. Neste mundo de informações instantâneas e a jorro, parece que elas caem do céu. Mas há muito profissionalismo, técnica e comprometimento com uma ainda sobrevivente ideia do que seja jornalismo para que as notícias continuem a existir. Por trás de um textinho curtinho de internet podem estar horas de espera e de trabalho duro. Vale a conferida aqui.

quinta-feira, outubro 14, 2010

MPE pede multa a Paulo Henrique Amorim por propaganda irregular em favor de Dilma

Da Assessoria do TSE
O Ministério Público Eleitoral ajuizou representação com pedido de multa, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em desfavor de Paulo Henrique Amorim, da PHA Comunicação e Serviços S/C Ltda. e de Geórgia Pinheiro por suposta propaganda irregular favorável à candidata à Presidência da República Dilma Rousseff. A ação é de relatoria do ministro Henrique Neves.

A propaganda irregular teria sido publicada no último dia 08, no sítio eletrônico de Paulo Henrique Amorim, http://www.conversaafiada.com.br/, e constatada, segundo o MPE, a partir da leitura do seguinte trecho: “tem de ser de goleada! Dilma 13 Para o Brasil Continuar Vencendo!”. Para o Ministério Público, fica “explícito pedido de votos à candidata Dilma Rousseff, configurando incontestável prática de publicidade eleitoral irregular”.

A ação é baseada no artigo 57-C da Lei das Eleições (9.504/97), que veda, mesmo que gratuitamente, “a veiculação de propaganda eleitoral na internet, em sítios: I - de Pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos”.

Por fim, o MPE pede a aplicação de multa prevista no artigo 57-C a Paulo Henrique Amorim, a PHA Comunicação e a Geórgia Pinheiro. A multa pode variar de R$ 5 mil a R$ 30 mil.

Salesiana lança hoje documentário sobre personalidades de Macaé

Da Assessoria da FSMA

Registrar as transformações do cenário sociocultural macaense a partir da década de 1970 é o objetivo do projeto “História de quem faz história”, desenvolvido pela Faculdade Salesiana de Macaé - FSMA. A professora Carla Miguelote é a idealizadora e coordenadora desse trabalho, que, no primeiro vídeo, entrevistou personalidades ligadas à cultura. O lançamento do documentário acontece hoje (quinta, 14), às 19h30, no Cine Arte Macaé, que fica no Macaé Shopping. O endereço é Avenida Rui Barbosa 1.725, Centro de Macaé. A entrada é franca.

Além da exibição do primeiro filme do projeto, será realizado um debate com os entrevistados: o dramaturgo e historiador Ricardo Meireles, a bailarina e coreografa Ivana Mussi, o fotógrafo Lívio Campos e a poetisa Sandra Wyatt. Em seguida, será servido um coquetel ao som do chorinho do músico Roberto Simões, que assina a trilha sonora do documentário.

De acordo com a professora Carla Miguelote, o projeto de produção de documentários históricos busca consolidar a memória recente da cidade e fortalecer sua identidade cultural. “É notório que, a partir da década de 70, Macaé vem se transformando em um importante pólo econômico. O que tem menos visibilidade é o desenvolvimento dos seus aspectos socioculturais. A intenção é registrar essas transformações em diversas áreas de relevância social.” A professora acrescenta que, nas próximas produções, abordará temas como meio ambiente, educação e esporte, entre outros.

Por meio dos relatos das personalidades que fazem parte da história da cidade e projetam o nome de Macaé no cenário nacional e internacional, a equipe do projeto já fez descobertas importantes, que ajudam a entender o passado e a lançar um novo olhar sobre o futuro. A oposição ao regime militar, a instalação da Petrobras e os movimentos de resistência da população são alguns dos episódios da história de Macaé revelados no documentário.

A versão integral das entrevistas ficará disponível no acervo audiovisual da FSMA e servirá como fonte de consulta para pesquisadores e interessados na história recente da cidade. Para agendar uma consulta, basta enviar um e-mail para historias.salesiana@gmail.com .

sexta-feira, outubro 08, 2010

Militante informa que MST vai resistir a tentativa de reintegração de posse em Macaé

O Marcel Silvano, militante dos movimentos sociais que apoia a ocupação do MST em Macaé, enviou há poucos minutos o seguinte e-mail:



"Infelizmente,ontem o acampamento do MST em Macaé sofreu uma derrota. O Juiz determinou a reintegração de posse da Fazenda Bom Jardim.
Nesse momento recebemos a informação de que o oficial de Justiça ja saiu acompanhado da força policial para cumprir a sentença. Estou no acampamento com o grupo, que pretende reisistir de forma pacífica. Precisamos de todo e qualquer apoio. Aqueles que puderem, seria muito importante que pudessem vir para cá e que trouxessem cameras, filmadores e se possível a imprensa. Aqueles que não tiverem condições de vir também temum papel a cumprir...Peço que expressem apoio ao movimento nas redes sociais virtuais ou não. Repassem esse e-mail com uma declaração própria, twittem, mandem mensagens no orkut, falem com amigos,alunos, familiares.

ISSO PODE GARANTIR A SEGURANÇA FÍSICA DOS ACAMPADOS E A CONTINUIDADE DO MOVIMENTO!!!"

TSE se contradiz e libera eleição suplementar no Piauí ainda em 2010

Vai entender o Tribunal Superior Eleitoral. Depois de dizer aqui que aprovara resolução impedindo a realização de eleições suplementares no segundo semestre de anos com eleições gerais, como o atual, os ministros da corte disseram aqui, na noite de ontem, que três cidades do Piauí poderão ter eleições municipais em novembro ou dezembro próximos.

Estava em discussão o pedido feito pelo TRE do Piauí para que a as eleições suplementares fossem feitas no próximo dia 17 nas cidades de Dom Expedito Lopes e Oieiras, e no próximo dia 31 no município de Cristalândia.

O TSE entendeu que "não seria oportuno realizar eleições suplementares no mesmo mês das eleições gerais deste ano, principalmente quando uma das datas do pleito suplementar em uma das cidades coincide com a do segundo turno das eleições deste ano".

No entanto, os "ministros recomendaram que o Tribunal Regional do Piauí examine a possibilidade de outras datas nos meses de novembro ou dezembro deste ano para que as eleições suplementares nos três municípios possam ocorrer".

Vote no Charlie Brown


Muitos candidatos se parecem com personagens de quadrinhos, filmes e séries. Mas, em Campos, um princípio de confusão em uma seção eleitoral se deu pelo contrário. Um amigo, o Zé Henrique Alcântara, foi votar com uma camisa do Charlie Brown humanizado. Uma mesária achou que era a foto de um candidato e não queria deixá-lo votar. Depois de tudo explicado, todos riram muito da situação.

quinta-feira, outubro 07, 2010

Dilma pede direito de resposta na TV Canção Nova

Da Assessoria do TSE


Por meio de representação direcionada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a coligação “Para o Brasil seguir mudando” e sua candidata à Presidência da República, Dilma Roussef, solicitaram direito de resposta contra a TV Canção Nova, no tempo de 15 minutos, em horário matutino. Isso porque na manhã da terça-feira, dia 5, a emissora teria exibido, ao vivo, a realização de uma homilia na qual um padre pediu aos fiéis que não votem na candidata Dilma no segundo turno das eleições presidenciais.

Segundo a representação, em toda a homilia transmitida pela TV Canção Nova, o religioso emitiu opiniões ofensivas à candidata e ao Partido dos Trabalhadores, com afirmações falsas de caráter difamatório e injurioso. “Dentre outras afirmações falsas e ofensivas, de cunho difamatório e calunioso, o referido padre afirma que o PT é a favor da interrupção de gestações indesejadas”, esclarece.

Sustenta que a emissora não se limitou a emitir opinião contrária à coligação e á candidata, mas fez graves ofensas à honra e à reputação, “a ensejar a concessão de direito de resposta”. Entre as supostas acusações estão a de que: o país piorará se o PT e sua candidata ganharem as eleições; o partido defende a prática de aborto; a candidata e o PT pretendem aprovar leis que cerceiem as liberdades de imprensa e religiosa; ambos pretendem aprovar a celebração de casamento entre homossexuais; eles têm a intenção de transformar a nação brasileira em nação comunista com terrorista. Em todas elas, conforme a representação, o religioso afirma que poderia ser morto ou preso em virtude de suas afirmações, “em clara sugestão caluniosa de que o PT poderia praticar algum crime contra a sua integridade física”.

Curiosidades do dia 3


Cada eleição revela um monte de surpresas e dados curiosos. Dando uma olhada nos números do dia 3, constatamos algumas particularidades no estado. Vejamos:

O senador mais votado, Lindbergh Farias (eleito com 28,65% dos votos válidos no estado) não teve sequer um voto no município de Macuco!, onde até os inexpressivos Carlos Dias Filho (PT do B), Wladimir da Silva (PCB) e Heitor (PSTU) tiveram votos.

Os candidatos a deputado federal que tiveram a maior votação proporcional por município acabaram não se elegendo. Alexandre Serfiotis (DEM), arrancou 62,92% dos votos de Porto Real, e Solange Almeida (PMDB) teve 58,85% dos votos válidos em Rio Bonito. Mas, em terceiro nesta disputa, Dr.Aluízio (55,88% dos votos válidos em Macaé), garantiu sua cadeira como o mais votado do PV no estado e o quarto mais votado do partido no país, atrás de Sarney Filho (MA), Guilherme Mussi (SP) e Fabinho Ramalho (MG).

A família Picciani pode se candidatar ao que quiser na cidade de Varre Sai, no Noroeste Fluminense, onde dos 11.972 votos apurados, 9.212 foram considerados válidos. Lá, o candidato derrotado ao senado, Jorge Picciani, foi o primeiro colocado e teve o maior percentual de todos os candidatos ao senado, em todos municípios: 40,73% dos votos válidos. Seu filho mais velho, Leonardo Picciani foi o mais votado para deputado federal com 20,35% e o caçula Rafael, deputado estadual eleito, ficou também na primeira colocação com 20,81%.

Foi também em Varre Sai que o governador reeleito Sérgio Cabral obteve a sua maior votação proporcional: impressionantes 93,75% dos votos válidos.

Porém, Varre Sai não fechou com todos os candidatos governistas. Dilma (PT) ficou em segundo com 32,64%, perdendo para José Serra (PSDB) que teve 56,60% dos votos. Este foi o maior percentual do Serra no estado; e o segundo maior dos presidenciáveis, perdendo apenas para Dilma, em Japeri, onde a petista abocanhou 57,10% .

Já Marina Silva (PV) foi a mais votada nas cidades de Araruama (37,80%), Búzios (40,04%), Arraial (34,34%), Cabo Frio (40,43%), Casimiro de Abreu (35,68%), Iguaba Grande (35,53%), Niterói (37,05%), Rio das Ostras (39,97%), São Pedro da Aldeia (40,34%) e Volta Redonda (40,02%).

A maior votação proporcional de Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) foi em Niterói: 2,63% dos votos válidos. Logo depois, vem a capital: 2,24%.

Eymael teve a sua maior votação proporcional em Cardoso Moreira: 0,46% dos 7.752 votos válidos. Isto corresponde a 36 pessoas que acreditam no democrata-cristão.

users online